Pessoas inspiradoras

Funcionário pagou lanches a filhos de mulher sem dinheiro e ela arrecadou R$ 230 mil para ele!

Esta mulher demonstrou sua gratidão a um gentil funcionário de uma maneira incrível!



A bondade é uma virtude que sempre retorna para nós. Wyatt Jones, um funcionário do McDonald’s de 16 anos, é a prova viva disso.

No fim do ano passado, ele recebeu uma poderosa recompensa por ajudar uma mulher que estava num momento difícil. Segundo contado pelo Daily Mail, Brittany Reed, mãe de três crianças, tinha acabado de buscar os filhos no treino de futebol quando um deles começou a chorar.

Como as mães sabem, os choros nem sempre são fáceis de ser controlados, então, ela decidiu parar na rede de fast food para fazer as crianças felizes e proporcionar-lhes um jantar descontraído. Estava indo tudo bem até que, na hora de pagar, Brittany percebeu que havia esquecido sua bolsa em casa. A situação, somada ao seu cansaço, fez a mãe cair em lágrimas, e ela disse ao atendente que precisaria cancelar seu pedido.


Direitos autorais: reprodução Facebook/Brittany Reed.

Aquela poderia ter sido uma noite muito mais difícil para a mãe se ela não estivesse sendo atendida por Wyatt, que percebeu a situação e resolveu fazer algo incrível para apoiá-la. O jovem funcionário pegou a própria carteira e, sem hesitar, pagou pelo pedido de Brittany.

Surpresa com o ato de bondade, a mulher disse que ia à sua casa pegar o dinheiro para lhe pagar de volta, mas Wyatt disse que não precisava e que sentia prazer em ajudar. Muito tocada com a empatia do jovem, Brittany fez uma publicação no seu Facebook relatando o caso e dizendo aos pais do jovem que criaram um filho muito compassivo, que é um ser humano incrível.

A mulher ainda disse que são exatamente essas qualidades que todos os pais estão tentando transmitir aos seus filhos. Ainda não satisfeita com a publicação, Brittany resolveu criar uma campanha de arrecadação on-line para o atendente, que conquistou o apoio de muitas pessoas, arrecadando mais de R$ 230 mil. Com o dinheiro, o jovem gostaria de comprar um carro.


Direitos autorais: reprodução Facebook/Brittany Reed.

Após toda a ajuda, a mãe ainda pediu para Wyatt não permitir que o mundo mudasse o seu bom coração. A empresa também reconheceu o bom coração do funcionário e fez uma homenagem a ele, declarando 7 de outubro como Dia de Wyatt Jones. Essa é uma daquelas histórias que deixam o nosso coração quentinho e nos mostra que sempre vale a pena fazer o bem.

Vendendo coxinhas da avó a R$ 1, jovem pagou as mensalidades da faculdade e se tornou terapeuta!

Artigo Anterior

“Meus filhos nunca verão isso.” Ex-patinadora afirma que ginástica rítmica é esporte feminino

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.