Animais

Gatinho com deformidade, que não era adotado por ser “feio”, encontrou um lar para sempre!

Rejeitado por conta da sua aparência, esse gatinho passou a viver num lugar em que é amado de verdade!



Os animais são perfeitos e transformam as nossas vidas, independentemente da sua aparência.

No entanto, infelizmente, muitas pessoas acabam por rejeitá-los quando não têm saúde de ferro ou quando nascem com alguma característica única, que não os encaixa nos “padrões de beleza” animal, condenando-os a uma vida de solidão e abandono.

Essa foi a vida do gatinho do Romeo por muito tempo. O felino nasceu com uma má-formação, por conta disso o seu rosto é diferente da maioria dos gatos. Ao invés de aceitá-lo e confortá-lo, as pessoas passaram a rejeitar o gato por considerá-lo “muito feio”.


Direitos autorais: reprodução/Santuario Compasión Animal.

Dessa maneira, segundo informações do The Dodo, Romeo passou a viver como um vira-lata na Espanha, por muito tempo, e permaneceria assim até o seu último dia de vida, se não fosse pela bondade Laura Llácer, diretora e cofundadora do Santuario Compasión Animal, que encontrou e resgatou o gatinho.

Enquanto ia resgatar outro animal, ela ficou sabendo da história do felino e aproveitou para passar na cidade em que ele estava vivendo para saber um pouco mais sobre a sua realidade.

Surpresa por ninguém ter percebido que aquele gatinho era tão especial e profundamente comovida com a realidade triste que ele vivia, completamente abandonado, ela decidiu que ele não passaria mais nenhum dia à espera de um lar, e decidiu levá-lo para viver no santuário que fica no Sudeste da Espanha, junto com muitos outros animais que tiveram as suas vidas transformadas.


Desde que chegou em sua casa nova, Romeo não está mais sozinho e não se sente deixado de lado por não ser como os outros gatos. Ele tem um monte de melhores amigos, que incluem vacas, patos, perus e animais de pelúcia.

Direitos autorais: reprodução/Santuario Compasión Animal.

Direitos autorais: reprodução/Santuario Compasión Animal.

Laura diz que o gatinho é extremamente carinhoso e se comporta de forma diferente da maioria dos outros gatos, o que o torna especial e único. Recentemente, o abrigo postou uma foto atual de Romeo, em que ele está muito diferente do que quando foi encontrado. O gato está visivelmente mais bem tratado, o que é um reflexo de todo o amor e assistência que está recebendo.


É uma pena que Romeo, assim como muitos outros animais, tenham que conhecer o lado mais frio dos seres humanos por conta da sua aparência, mas ficamos felizes por sua história ter terminado bem. Esperamos que mais animais possam ter transformações tão especiais quanto a dele!

Enfermeira adota crianças com doenças terminais abandonadas por suas famílias!

Artigo Anterior

Giselle Itiê revela que compra bonecas para o filho de 1 ano brincar e diz: “Não será machista”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.