ColunistasRelacionamentos

A gente dá certo depois…

AGENTEDÁCERTODEPOIS CAPA

Leia ouvindo: Phillip Long – Cat Days



Não foi uma escolha errada. Na verdade, eu acho que nunca é. A gente sempre coloca no mural de lembranças os erros que viraram aprendizado. Tentei colocar a culpa da nossa história no tempo, nos encontramos na hora errada. Será mesmo? Será que duas horas depois estaríamos prontos para tudo que estava por vir? Talvez um dia depois? Vamos aumentar esse prazo. Um mês depois?

Custei a acreditar que tempo é algo relativo quando falamos em amor. Amor pode ser agora. Amor pode ser para depois. De bate e pronto ou de vai e volta. Somos livres para escolher nossos caminhos, mas tenho para mim que nossas histórias já chegam planejadas, tipo novelas mesmo.

Tudo acontece exatamente como tinha que acontecer. Nada foge dos olhos do universo ou do poder do destino. Com a gente não seria diferente. É o tipo de coisa que precisa dar muito errado para depois dar certo. Não que seja fácil aceitar o distanciamento para depois acontecer a aproximação de fato, mas existem relacionamentos que precisam de períodos mais solitários.


Precisamos nos afastar para ver o que acontece. Como o outro reage, como o corpo responde, como a saudade bate. A gente torce para fazer falta, mas o meu tempo é diferente do seu. A gente quer que amanhã dê certo como deu ontem. A gente usa o passado como base para o futuro.

AGENTEDÁCERTODEPOIS-FOTO02

 

Deixa eu te contar uma coisa, nada é pra já. Relacionamentos exigem paciência. O dobro dela quando a gente sabe que pode dar errado. 99% de desilusão, mas tem aquele 1% de felicidade. Pode dar errado agora, mas podemos dar certo depois.


Ninguém aqui está falando para você esperar acontecer. Vai viver, gente. Vai viver!

Vá viajar para bem longe. Vá provar outros beijos. Vá acordar em outros lugares. Vá experimentar o errado. Vá atrás de um sonho. Vá fazer o que você acha que deve fazer. Deixa acontecer. O certo não acontece na véspera. A vida das pessoas mudam e as experiências que elas vivem são únicas.

Vamos levando. Vamos vivendo. Tudo aquilo que podemos viver. Depois a gente dá certo. Tudo acaba dando certo.


Nem procuro, nem espero: sou feliz em minha solteirice

Artigo Anterior

Ele vai voltar com a ex…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.