Notícias

Giovanna Antonelli pede pena de morte para Guilherme de Pádua: “Cadeira elétrica”

Foto: Reprodução
Giovanna Antonelli pede pena de morte para Guilherme de Padua Cadeira eletrica

Giovanna Antonelli se revoltou com o pedido de desculpas de Guilherme de Pádua pelo assassinato de Daniella Perez (1970-1992).

O criminoso gravou um vídeo e enviou um recado a Gloria Perez, mãe da vítima. “Tinha que estar na cadeira elétrica”, disparou a atriz, nesta quarta (3).

Por meio de um post na rede social, Giovanna e outros famosos demonstraram não concordar com o fato de o assassino estar solto mesmo após ter cometido um crime brutal.

“Não consigo nem olhar [para a cara dele]”, reagiu Adriane Galisteu. Já o ator Marcelo Serrado comentou um emoji de vômito.

Screenshot 1 1

Direitos Autorais: Reprodução/Instagram

Internautas também concordaram que Guilherme não deveria ter deixado a cadeia. “Prisão perpétua é pouco”, escreveu a usuária Maria Alice. “Depois de tudo que li e assisti, esse homem é capaz de qualquer coisa para estar em evidência. Não acredito em nada que ele fale”, comentou a internauta Cris Fonseca.

A revolta nas redes sociais aumentou mais ainda depois que o assassino decidiu publicar um vídeo com um pedido de desculpas a Gloria Perez no Youtube:

“Talvez eu nunca tenha uma oportunidade real de pedir perdão. Por isso, Gloria Perez, eu te peço perdão por todo o sofrimento que te causei. Jamais esqueci daquele encontro na carceragem, nunca esqueci. Raul Gazolla, eu te peço perdão, nunca esqueci do dia que fui chamado na delegacia, você estava lá e se arrastou até mim, me abraçou chorando. Ali vi que era a pior pessoa do mundo.”

“Sei que esse pedido de perdão talvez não vá significar nada, mas quero deixar registrado. Não que isso vá realmente gerar um perdão, porque um perdão é um dom de Deus, tem mais a ver com quem perdoa do que com quem é perdoado. Se estivesse no lugar de vocês, provavelmente, não perdoaria. Então, não espero, mas deixo registrado”, continuou ele em outro trecho.