Colunistas

Graças a Deus, estou mais valente, menos dependente e confiante nos planos do Senhor para mim

Depois que o barulho aqui dentro silencia, consigo ter mais autonomia para me ouvir, consigo negociar, consigo me inspirar diante da luz que adentra a fresta mais estreita que reacende meu “eu” interior.



Ao me afastar da negatividade, peço que coisas boas cheguem sem que eu precise viver preocupada com o mal que me desejam.

E, nesse emaranhado de situações, fundamentos e desprendimentos, vou criando mais força para prosseguir meus caminhos. Agradecer é trazer o poder de algo maior para os poros, para o espírito.

Aprendi que a melhor briga é aquela que pode ser evitada e que há espaço para interceder por mim. Quero meu bem, quero amor-próprio, quero abrir novos compartimentos.


De esperas, já me cansei. Trabalho para que minha casa não se desgaste tanto e que eu não venha a ruir. Sou adepta da paz que não se esmola, da paz que vale a pena permanecer nos dias trabalhados pelas curas do tempo.

Entrego minha gratidão a Deus, ao recebimento de novas intercessões do alto. Estou mais valente e menos dependente.

Estou mais bem preparada, tenho mais inteligência emocional, tenho mais resiliência e desapego. Nem tudo me afeta. Tenho me surpreendido com as coisas que conquistei, graças ao Pai. Obrigada, meu Deus!


Jovem vê publicação nas redes sociais sobre menina com deficiência e decide levá-la ao baile da escola

Artigo Anterior

Família denuncia preconceito contra aluno de 11 anos após sugestão de trabalho com tema LGBT em grupo da escola

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.