Gratidão é luz no caminho! Por isso ao atravessar a porta da vida, agradeça!



Gratidão é luz no caminho! Por isso ao atravessar a porta da vida, agradeça!

Agradeça pelo ar que respira, pelas benesses que recebeu ao longo dos dias.

Dá pra suavizar mais o olhar, dá pra sobreviver a certas guerras frias.

Um coração bom não cria raízes com o mal. É preciso exterminar qualquer erva daninha do jardim, por mais que elas insistam em crescer à sua volta.

Gratidão é estimular o eu a vivenciar coisas mais simples, é vivenciar e ajudar o espírito a se reconhecer um pouco mais a cada instante. É trabalhar na seara do bem em prol dos bons ensinamentos espirituais.

Por isso, não se esqueça da prece, não se esqueça das pessoas que lhe socorreram no momento mais preciso.

Quem realmente tem condições de lhe segurar a mão e o coração jamais te deixará a penumbra, jamais te deixará abandonado à própria sorte.

Não espere aplausos e muito menos queira ser o centro das atenções. Muita gente anda descoberta de tudo. De sonhos, de sorrisos, de felicidade.
Envie luz aos irmãos adoecidos!

A justiça de Deus sempre será única.

Tem muita gente que só enxerga o peso das coisas sem valor! Seja você a dar um bom exemplo a si mesmo. Seja alguém que diante da vida capricha nas coisas mais essenciais, esquecendo o banal, o fútil o supérfluo.



Que você tenha o justo e necessário. Tenha o que Deus lhe enviou como prova e aceitação.

Você pode até achar que estou exagerando. Não, não estou. Eu fui aprendendo com as tapas na cara, fui aprendendo através das pessoas que me deixaram no meio da estrada sem água, sem comida.

Foi assim que eu aprendi a lutar por mim. Fui aprendendo a refazer o caminho, como se reaprende a andar depois de alguma queda.

No começo fui caminhando de muletas até conseguir andar novamente com as próprias pernas.

Nem por isso vitimei. Foi preciso sentir essas dores para evoluir. Fui aprendendo a reinventar minha história, fui reaprendendo a dar mais valor a minha vida, e as pessoas que ainda estão comigo até hoje sem me julgar ou me culpar por ser assim.

Tenho um lado avesso, meio torto, mas um coração que se desmancha quando encontra paz e aconchego na alma.

Por isso a gratidão vem em primeiro lugar.

Fui aprendendo que a vida é boa demais pra deixar passar certos mimos, certa urgências que beneficiam o espírito.

Minha carga horária do coração não permite mais hora extra com quem não soma ou divide.






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.