Gratidão gera gratidão: quanto mais agradecemos, mais recebemos

Vivemos constantemente na busca pelo melhor. Nem sempre conseguimos tudo que queremos, mas estamos sempre tentando chegar ao topo. De uma forma ou de outra, nunca estamos plenamente satisfeitos.

Se por um lado obtemos êxito em nossas atividades, por outro reclamamos de não ganhar o suficiente por ela. Se estamos com a vida financeira estável, lamentamos pelo amor não correspondido. Se o amor flui, parece que as amizades se acabam. E assim, passamos a nos corresponder com a vida sempre pela metade. Pedimos, pedimos e pedimos. Nunca agradecemos! São raras as pessoas que apreciam de verdade o que possuem.

O que a maioria de nós não percebe é que gratidão gera gratidão, e a falta dela também semeia algo. Se não somos capazes de agradecer pelo que temos, não estamos abertos a receber mais. A vida é um ciclo e a matemática é simples: quanto mais agradecemos, mais obtemos!

Às vezes, ficamos tão focados em pedir, que esquecemos de olhar para o que já temos. E muitas vezes o que temos já nos basta. Pode até parecer pouco, mas nem sempre o muito é o responsável pela felicidade!

Você já agradeceu hoje? Agradeceu por ter acordado mais um dia? Pela saúde, pelo teto que o abriga, pela comida na mesa, pelas pessoas ao redor?

Lembrou de agradecer por cada bom momento, pelo aprendizado diário, pelas lembranças que carrega, pela bagagem construída até aqui?

Se tem dinheiro, agradeça a fartura, se não tem, agradeça à possibilidade de valorizar o que não é material. Se tem amor, agradeça pelo sentimento recíproco; se não tem, agradeça por se amar e cuidar de você, enquanto ele não vem. Se tem amigos, agradeça pela companhia deles; se não tem, agradeça pela oportunidade de conhecer gente nova. Se tem emprego, agradeça pelo seu ganha pão; se não tem, agradeça por ter saúde para procurar uma vaga.

Em outras palavras: procure sempre ver os dois lados. Você pode ser feliz com o que possui.

É claro que estamos aqui para crescer e prosperar, mas isso não muda o fato de que devemos ser gratos por tudo o que já conquistamos. É assim que somos retribuídos. Semeamos gratidão e colhemos bons frutos!

Nem sempre é fácil não se ter o que deseja, mas nem tudo o que queremos é, de fato, o que precisamos. Tudo tem sua hora certa para acontecer, todo trabalho gera um resultado no final, toda procura se acha, toda oração é atendida. Basta acolhermos com amor, regarmos o progresso de cada dia e ficarmos abertos às novas energias, pois, com elas, novas oportunidades chegarão!

Pare de se prender ao que ainda não tem e procure gratidão pelas coisas que já são suas.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada pelo site O Segredo: 123rf / photolight2



Deixe seu comentário