4min. de leitura

Gratidão não é uma #hashtag!

As redes sociais sempre têm um vocabulário especial, onde volta e meia uma palavra entra em moda. Nos últimos tempos, tenho observado o uso massificado da palavra “gratidão”.

Desde uma foto de pôr-do-sol, passando por uma refeição elaborada, ou mesmo um momento de descontração, muitas postagens recebem esse chavão, em especial como hashtag.


Estudos científicos comprovaram que o exercício de agradecer exercita a área do cérebro que é responsável pela sensação de bem-estar e prazer no nosso corpo. Quando o cérebro identifica que algo deu certo e que somos gratos por isso, ocorre a liberação de dopamina, que é um importante neurotransmissor que aumenta a sensação de prazer. Portanto,  pessoas que manifestam GRATIDÃO tem padrões mais elevados de emoções positivas, satisfação, vitalidade e otimismo.

Dito isto, você dirá:

– Que ótimo! Estou sendo beneficiada, sempre uso essa hashtag.


No entanto eu te digo:

Para receber os benefícios do ato de agradecer, é preciso muito mais do que expressar por escrito na rede. Quem realmente tem o que comemorar e se sente grato por algo que recebeu não deveria quebrar a corrente.

-Como assim? Perguntarão alguns.


Imagine que você está muito contente com algo que recebeu do universo. Se você apenas registra isso por escrito, você está cessando uma fonte poderosa e abundante de benefícios que poderiam estar sendo estendidos a outras várias pessoas de forma cíclica, até voltar pra você.

Eu te convido a compartilhar a sua alegria, tornando o benefício que recebeu uma arma potente de bem-estar para si e para o outro.

A gratidão ativa a lei da atração de forma muito simples: quanto mais agradecemos, mais recebemos para agradecer.

MAS AGRADECIMENTO É ATITUDE E NÃO APENAS PALAVRAS AO VENTO!

Sempre que for agraciado pelo universo, a cada vitória, sorte, graça, ou como queira chamar, perpetue essa vibração ajudando alguém a sentir-se melhor. Isso não necessariamente tem a ver com dinheiro.

Você pode fazer uma hora de trabalho voluntário, pode doar sangue, pode visitar uma pessoa doente levando otimismo, ou fazer um simples elogio sincero a quem merece.

Toda vez que você agradecer o que recebeu de bom com uma ação que deixe mais alguém feliz, você vai fortalecer sua conexão com o cosmos. Você sai da posição de mero beneficiado e passa a fazer parte da engrenagem que movimenta a felicidade.

Mal comparando, é como se você adquirisse um cartão fidelidade do bem onde você acumula pontos até tornar-se o membro master que pode usufruir dos maiores benefícios.

Da próxima vez , antes de postar #gratidão, pratique!

Não seja um observador da conspiração cósmica. Faça parte dela.

Namastê! – Cristina HARE. #osegredodehare

 





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.