Animais

Guepardo vê fotógrafo tirando um cochilo debaixo de uma árvore e resolve dormir junto

Capa Guepardo ve fotografo tirando um cochilo debaixo de uma arvore e resolve dormir junto
Comente!

Além de dormirem juntos, a intimidade entre homem e animal é tanta, que a fera até lhe dá lambidas no rosto.

Quando pensamos na aproximação de um homem e um animal selvagem carnívoro, a primeira ideia que temos do resultado desse encontro é brutal. Ou o animal atacará o humano e fará dele sua presa ou então será caçado e morto pelo humano, quer seja para a própria defesa ou para terminar como um objeto decorativo.

O equilíbrio entre a vida natural e os avanços da sociedade humana está muito abalado. Nosso progresso, na maioria das vezes, vem a despeito do meio ambiente, prejudicando fauna e flora. E mesmo que a natureza seja soberana neste planeta, parece que ainda assim conseguimos fazer um grande estrago.

Animais, diferentemente de nós, não têm acesso a ferramentas que podem torná-los mais letais, como fazemos com armas e as toxinas que liberamos em plantações, e agem inteiramente pelo instinto, logo só atacam quando percebem ameaças, o que não acontece com o ser humano, que investe numa agressiva mesmo que o outro lado não lhe represente ameaça, apenas para buscar algo em benefício próprio.

Por sabermos como funciona essa dinâmica deturpada, é que histórias com a interação de homens e animais de forma pacífica chamam tanto a atenção. É chocante da mesma forma que é adorável ver que em alguns casos, que geralmente acontecem com alguém que tem mais tato com os animais, membros de espécies tão distintas possam coexistir em harmonia.

O caso a seguir sumariza bem essa questão e ainda adiciona um ponto de fofura à história: um guepardo se juntou a um homem que tirava um cochilo embaixo de uma árvore. A intimidade entre os dois é tanta, que chegam a ficar abraçadinhos!

2 Guepardo ve fotografo tirando um cochilo debaixo de uma arvore e resolve dormir junto

Direitos autorais: Reprodução Facebook / Dolph C. Volker

A situação ocorreu no centro Cheetah Experience, uma espécie de santuário de preservação de vida selvagem, localizado na África do Sul.

A gravação que mostra a cena aconchegante foi postada no canal do YouTube de Dolph C. Volker, um zoologista e fotógrafo da vida selvagem e grande defensor dos animais. Nas imagens, é possível perceber Dolph, que está filmando, deitado na vegetação e logo se aproxima dele um guepardo, andando de forma calma e precisa. Quem assistisse ao vídeo sem atentar para o contexto pode achar que essas eram as imagens que antecederam uma tragédia!

No entanto, o animal logo se deita ao lado de Dolph e começa a lambê-lo, como se estivesse fazendo carinho no homem. O fotógrafo mostra a profusão do afeto do animal, que já está muito acostumado com sua presença. O guepardo lambe a orelha de Dolph enquanto recebe carinhos, como se fosse um gato doméstico. E mesmo que o homem tente desviar do afeto, o animal logo retorna.

Em dado momento, o guepardo levanta-se e vai se deitar mais próximo da barriga de Dolph, e ali se apoia, recebendo mais carinhos para um cochilo. O animal completamente relaxado deita no braço do fotógrafo e vai fechando aos poucos os olhos, sentindo-se completamente seguro nos braços do amigo. Dolph passa seu braço pelo do guepardo e o abraça; os dois parecem dormir de conchinha!

E essa não é a única vez que o homem dormiu em meio aos ferozes guepardos. Em outra publicação em seu canal, Dolph é visto dormindo com mais três desses animais. O intuito desse vídeo era descobrir se os guepardos preferem dormir com cobertores, como os humanos, ou diretamente no chão.

3 Guepardo ve fotografo tirando um cochilo debaixo de uma arvore e resolve dormir junto

Direitos autorais: Reprodução Facebook / Dolph C. Volker

De acordo com informações do seu site, o Cheetah Experience, local onde foi feito o vídeo do cochilo, é o lar de uma série de espécies ameaçadas de extinção, incluindo guepardos, leopardos, leões machos não reprodutores, gatos selvagens africanos, lobos, suricatos e tigre siberiano.

Comente!

Filho surpreende e paga hipoteca de casa para o pai se aposentar mais cedo

Artigo Anterior

“Nada Ortodoxa”, a série da Netflix que fará você acreditar em si mesmo(a) de novo

Próximo artigo