ColunistasEspiritualidadeNatureza

História de um gato…

HISTÓRIA DE UM GATO FOTO DE CAPA E FOTO 02

Alguns acreditam que gatos iluminam, trazem bem estar e alegria, espantam energias negativas.  Outros dizem que ao cruzar o caminho, ainda mais se preto, a má sorte está lançada.



Certamente ainda não sei dizer sobre o gato que atravessou no meu caminho, mas por sorte ou azar, ele é preto. Deixou tanta confusão que ainda não consegui ordenar meu coração com a razão.

Só sei que gato é um bicho danado, entra na sua vida de mansinho, como quem nada quer. Primeiro analisa seu modo de ser e vai conquistando aos pouquinhos, no início até achei que era receio, desconfiança. Porém lá no fundo eu sabia que aquele gato preto gostava mesmo era da lua e da rua.

historia-de-um-gato-foto-01


Revestida de toda minha fortaleza achei que nada seria, aquele gato logo já teria outro rumo e não permaneceria no meu mundo. Igualmente da primeira vez que cruzara a minha estrada, portanto quando me dei por conta, já tinha aberto a porta do meu coração pro danado do gato.

O gato preto foi conquistando espaço, até me agradava com seu jeito torto de ver o mundo, seu ronronar chegava a ser gracioso.  Dei-lhe carinho, suportei algumas travessuras e até alguns mimos eu comprei.

Por sua vez, o preto, até que me fez bem. Retribuiu carinhos e mesmo sem saber de minhas mazelas, cuidou de mim. Preocupou algumas vezes e suportou alguns de meus espinhos e sandices.

O danado tem alma de rua, é vira-lata e eu na minha expectativa ilusória criando como persa. O gato não quer compromisso com coração alheio, ele só quer comodidade e um lugar que tem janelas bem abertas pra fugir quando quiser.


historia-de-um-gato-foto-de-capa-e-foto-02

Por isso eu digo, gosto mesmo é de cachorro, papagaio ou periquito. E pro gato já fechei as portas e nem mais vou lhe escrever poemas.

Agora, acho que quero mesmo é um peixe no aquário, eles não fogem, não fazem barulhos e nem confusão. Você só deve alimentar nas horas pré-definidas, trocar a água nos dias programados e admirá-los através do vidro.

Os peixes só causam dor no dia de que eles partem, deixam o aquário vazio com algumas lembranças de suas cores e a dúvida da solidão de viver num mundo tão pequeno e frio.


Com toda certeza, amo os peixes, deve ser por causa do signo.

Viver é nascer toda manhã e morrer toda noite!

Artigo Anterior

Como escolher melhor… – a relação entre a conexão com a essência e a escolha certa…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.