Pessoas inspiradoras

“Hoje é minha última quimio”: luta contra o câncer de criança chega ao fim e família comemora!

Josafat descobriu um câncer no fígado depois de passar por sucessivos exames que não detectavam seu problema. A luta durou um ano e nove meses!



A notícia de que alguém venceu o câncer sempre nos emociona e deixa extremamente felizes. Qualquer doença causa medo, angústia, ansiedade, mas o câncer é uma que trabalha no silêncio, muitas vezes com a ausência de sintomas, crescendo de forma vagarosa, sem ser notado. Infelizmente, também acomete crianças, o que nos mostra um lado ainda mais trágico de uma enfermidade tão misteriosa.

Saber que uma criança venceu o câncer é ainda mais animador, mais contagiante e emocionante! Afinal, as crianças ainda têm um longo trajeto pela frente, precisam viver, desfrutar de seus momentos, descobrir-se, achar uma profissão, apaixonar-se, e qualquer coisa que encerre a vida antes disso tudo é extremamente chocante e injusto.

Na Costa Rica, a notícia de que um pequeno menino de 9 anos venceu o câncer correu o país. Em maio de 2020, Josafat Mora Chacón teve sua última sessão de quimioterapia no Hospital Nacional da Criança, o que deixou sua família tão grata a ponto de compartilhar o momento.


Jairo Barrantes, padrasto de Josafat, explicou ao jornal La Teja que cuida do menino desde que ele tinha 3 anos e que ele lutou contra um câncer de fígado durante um ano e nove meses.

A descoberta de que a criança estava mal veio no dia das mães de 2018, depois de extensa investigação médica. O alerta veio depois que Josafat caiu de bicicleta e fraturou uma costela, ele foi encaminhado ao Hospital Guápiles, mas os médicos o mandaram para casa, acreditando que era apenas um pequeno trincado.

Direitos autorais: reprodução/acervo pessoal.

Um mês depois, o menino começou a apresentar febre, e logo foi levado ao hospital novamente. O médico de plantão disse que não era normal apresentar febre cerca de um mês depois de cair de bicicleta, foi quando Jairo sentiu que existia algo errado naquela equação.


O doutor sentiu um caroço no tronco do garoto e o encaminhou para mais exames e uma análise do sangue apontou infecção urinária. O médico prescreveu um tratamento de 21 dias que, infelizmente, acabou acelerando o câncer ainda não detectado.

Depois do tratamento, a família retornou ao hospital e encontrou o mesmo médico que, dessa vez, encaminhou o menino para um ultrassom, já que ainda sentia um caroço no corpo da criança.

Em agosto de 2018, o resultado veio: uma massa de 22 centímetros de largura e 12 centímetros de comprimento, que tomava o fígado do pequeno menino, que foi encaminhado ao Hospital Infantil rapidamente.

Segundo o padrasto, o primeiro ano foi o mais difícil para Josafat, que precisava passar por sessões de quimioterapia a cada 72 horas para tentar reduzir o câncer o máximo possível. A criança passou por uma cirurgia para retirar a massa e todos acreditaram que tudo correria bem, porém, cerca de três meses depois, o câncer retornou no lado posterior ao da cirurgia.


Direitos autorais: reprodução/acervo pessoal.

Josafat precisou passar por outra cirurgia e, desde então, nenhuma célula cancerosa apareceu. Em maio de 2020, depois de extensa luta contra o câncer, os médicos avisaram toda a família que aquela seria a última sessão de quimioterapia do menino. Jairo ficou tão emocionado que sentiu que precisava fazer algo, foi quando teve a ideia de escrever no parabrisa do carro que aquela seria a última sessão de quimio do garoto.

O padrasto pensou que as pessoas poderiam buzinar ao longo do caminho, acenar, desejar boa sorte, e que isso faria o menino se sentir mais querido e especial.

Porém, uma das pessoas que viu o carro no trânsito foi Alejandro Salazar, que decidiu fotografar e enviar para a página Acidentes de Costa Rica.net, o que fez com que se tornasse viral.


Direitos autorais: reprodução Facebook/Accidentes de Costa Rica.net.

Muitas pessoas mandaram mensagens de apoio à família e ao garoto, solidarizando-se emocionadas com aquela importante conquista. Ao longo do trajeto, Josafat se deparou com muitos condutores que buzinavam e acenavam, aquilo fez com que ele se sentisse ainda mais feliz com o momento tão importante.

Uma importante vitória de Josafat!

Comente e compartilhe essa história de superação nas suas redes sociais!


Vovó fitness: para recuperar saúde, idosa de 73 anos perde quase 30 kg com ajuda da filha

Artigo Anterior

Vinagre é o melhor truque para manter as roupas mais brancas e as toalhas mais macias!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.