“hoje, a saudade conversou comigo. Veio falar de você, sem razão… “

“Hoje, a saudade conversou comigo. Veio falar de você, sem razão… “

Certo dia, estava voltando do trabalho com alguns colegas, muito cansado por sinal, e percebi meu celular vibrar no bolso. Vi que era sua ligação, porém fingi que não vi e continuei o papo com meus colegas. Assim que me despedi deles, abri meu aplicativo do celular e vi diversas mensagens de diversas pessoas, a sua estava entre elas. Respondi uma a uma com muita paciência e entusiasmo, porém, deixei de responder suas mensagens. Não estava muito empolgado com o nosso papo que eu mal podia imaginar o que seria.



Após chegar em casa, coloquei o celular para carregar e fui assistir um pouco de TV. Vi que estava me ligando, pois o barulho do celular vibrando no hack era extremamente notável, mas, para mim, aquele som era facilmente filtrado com o volume da televisão passando a minha série favorita.

Fui tomar um banho depois que o episódio da série acabou, deixei um som ambiente rolando pela casa, enquanto eu me espumava e cantava loucamente as músicas tocadas. Quando saí, peguei o celular e o tirei do carregador, vi que tinha mais de dez ligações sua, e umas vinte e oito mensagens. Pensei:  que persistência! será que fiz algo de errado?

Resolvi abrir as mensagens… Não ligar. Apenas abrir as mensagens e ver qual era a urgência de todo aquele alvoroço. Um detalhe importante neste caso, era que, em todos esses anos de namoro, ela nunca tinha me ligado tanto assim sequentemente como neste dia. Quando abro as mensagens, percebo que suas frases eram de preocupação comigo, por exemplo:  “Bom dia meu amor, como você está?”; “Boa tarde! Comprou o presente da sua mãe? “; “Estava pensando em ir naquele restaurante que você tanto gosta, vamos?”.


Depois de ler suas mensagens, apenas respondi:  Oi amor, desculpa a demora. Hoje, o dia foi muito corrido. Sabe como é, né? “. Sempre fui levando o nosso relacionamento assim, ela já sabia que preciso de um grande tempo só pra mim e que não sou muito de responder mensagens e atender ligações. Ela me entende.

Nestes últimos dias, ela ligou no ramal do meu trabalho e com poucas palavras disse que precisava conversar comigo. Fiquei sem entender aquela ligação, porém fui ao seu encontro pós-trabalho… chegando lá… com muita emoção, choro e conversa… ela me pediu um tempo do namoro.

Nessa hora, tive a certeza de tudo aquilo que eu fazia com ela, e como não estava me importando com nosso relacionamento. Eu a estava perdendo cada dia mais, e não me dei conta…

Talvez, a justificativa para isso, foi a sensação de conformismo que tinha, do tipo: “Já tenho o seu amor, não preciso me esforçar mais”. Estava totalmente enganado, pois o amor é como uma flor no jardim.  Deve ser regado e cuidado todos os dias para que se dê frutos, no caso, mais amor!


Como fui tolo. Por que escolhi ir para o bar com estranhos de outros departamentos, ao invés de assistir ao filme que ela tanto queria? Por que não passei mais tempo com ela, ao invés de papear com outras mulheres só para inflar o meu ego? Por que não lhe dei ouvidos quando ela falava sobre seus problemas?

Pensei tanto em mim, estava tão dono do relacionamento… falhei.

No dia em que perceber que tomou a decisão errada, lute! Lute com todas as suas forças, para reconstruir o baralho de cartas que destruiu com suas próprias mãos. Caso não siga por este caminho, estará fadado(a) a conviver com a perda imensurável de um amor verdadeiro.

Só percebemos a importância de um momento, quando ele se torna lembrança… Faça eternizar este momento. Faça mais por vocês. Faça mais pelo amor!

___________

Direitos autorais da imagem de capa: stockasso / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.