Comportamento

Depois de ter benefício cortado, homem ameaça explodir agência do INSS com bomba

Sem Titulo 1 16

Caso aconteceu no ABC Paulista, dia 16 março. Polícia foi chamada para conter a situação. Entenda melhor o caso!



Uma situação bastante tensa aconteceu numa agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em São Caetano do Sul, região do ABC Paulista, no último dia 16 de março.

Segundo contado por matéria do R7, um cadeirante, que teve seu benefício cortado, ameaçou explodir o local. Ele tinha supostos artefatos explosivos presos ao corpo e pediu que a imprensa fosse acionada.

A Polícia Militar e o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foram à agência, por volta das 11h30, acionados pelo vigilante local, que disse haver um homem com dinamites presas ao corpo, no interior da agência.


Segundo o tenente coronel Racorti, a equipe da polícia constatou, em inspeção, que os artefatos não eram explosivos, apenas réplicas. No entanto, isso não impediu o homem de provocar medo nas pessoas e causar pânico no local.

O tenente ainda explicou que a polícia foi capaz de dialogar com o acusado e levá-lo para fora da agência, depois do episódio de delírio, e que ele deixou o simulacro de forma segura ali e, já acalmado, foi encaminhado para um hospital.

Depois do ocorrido, o INSS emitiu uma nota, na qual afirma que o homem foi impedido de entrar na agência porque não agendou seu atendimento, procedimento exigido desde setembro do ano passado.

O INSS ainda informou que a perícia médica federal sugeriu ao homem a concessão de aposentadoria por incapacidade permanente, em janeiro de 2020.


A nota diz que: “O segurado passou por exame pericial, confirmando o direito ao benefício, que foi concedido em 18 de fevereiro de 2021. Ao longo de todo esse período, porém o segurado não ficou desassistido, pois já vinha recebendo auxílio por incapacidade temporária (antigo auxílio-doença)”. Também foi informado que “Os valores da aposentadoria estão disponíveis para saque no banco desde o dia 26 de fevereiro.”

Sobre os segurados que não puderam ser atendidos no dia do incidente, o INSS afirmou que seu atendimento já havia sido agendado para a próxima sexta-feira (19).

Uma situação realmente bastante preocupante.

Compartilhe a notícia com os amigos através das redes sociais!


Menino no barril: segundo laudo, havia fartura de comida na casa onde a criança vivia

Artigo Anterior

Casal transexual não consegue registrar filho por erro em certidão e alega transfobia

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.