Pessoas inspiradoras

Homem cede seu lugar na primeira classe de voo para mãe que viajava com filha prematura doente

1 capa Homem cede seu lugar na primeira classe de voo para mae que viajava com filha prematura doente

Jason ia pegar o voo para casa, ao fim do trabalho em um projeto na Flórida, quando viu Kelsey e sua filha Lucy, que estavam a caminho de um hospital.



A generosidade e a empatia são qualidades capazes de mudar a vida das pessoas sempre para melhor.

Quando nos deparamos com alguma ação bondosa ou intervenção de ajuda, é fácil sentir os olhos marejando e o coração esquentando. Até os pequenos gestos, que consideramos inúteis em alguns momentos podem, sim, melhorar a vida de quem precisa.

Segundo reportagem do Daily Mail, Jason Kunselman, de 49 anos, engenheiro industrial, voltava para casa após uma viagem de negócios à Flórida (EUA), quando se deparou com uma mãe carregando um pequeno bebê de menos de um ano, junto com malas e um aparelho de oxigênio.


A mulher era Kelsey Zwick, e ela estava com Lucy, de 11 meses, a caminho do Hospital Infantil da Filadélfia. A pequena criança sofria de uma doença pulmonar crônica grave, que era resultado de sérios problemas durante a gravidez e do nascimento prematuro dela e de sua irmã gêmea.

Jason viu a mãe e a filha ainda na área do embarque, andando com o equipamento médico especializado, e enxergou a bebê tão frágil, que conta que se emocionou naquele momento. Assim que entrou na aeronave, esperava ver as duas na parte da frente, na primeira classe, principalmente por conta da quantidade de objetos que precisavam carregar, mas se surpreendeu ao vê-las na parte traseira do voo.

1 2 Homem cede seu lugar na primeira classe de voo para mae que viajava com filha prematura doente

Direitos autorais: reprodução Facebook/Kelsey Zwick.

Sem pensar duas vezes, o engenheiro sabia exatamente o que deveria fazer, então se aproximou de uma comissária de bordo e disse que as duas ficariam muito mais confortáveis se usassem seu assento. Assim que eles trocaram de lugar, Kelsey começou a chorar, grata pela generosidade do desconhecido, e o sentimento contagiou Jason, que também irrompeu em lágrimas.


Todos os passageiros agradeceram ao homem pelo gesto, que afirmou que queria apenas que elas ficassem confortáveis durante o voo. Em sua página do Facebook, Kelsey compartilhou uma publicação abordando um pouco da experiência, além da forte vontade de agradecer ainda mais ao engenheiro.

1 3 Homem cede seu lugar na primeira classe de voo para mae que viajava com filha prematura doente

Direitos autorais: reprodução Facebook/Kelsey Zwick.

Ela disse que não o conhecia, mas que provavelmente ele as tinha visto em algum lugar do aeroporto. Kelsey estava empurrando um carrinho e carregando uma bolsa de fraldas embaixo de um braço, além do carrinho de oxigênio para Lucy.

Mesmo assim, ambas estampavam largos sorrisos, já que estavam prestes a encontrar os “amigos” do Hospital Infantil da Filadélfia. Assim que o embarque começou, mãe e filha entraram na aeronave para se acomodar com antecedência, guardando tudo o que estavam levando na viagem.


Kelsey explica que brincava muito com a situação, e embora as coisas não fossem simples, tudo estava correndo bem. Foi quando uma aeromoça se aproximou e disse que o desconhecido a estava esperando para trocar de lugar.

Kelsey percebeu que Jason estava cedendo seu lugar confortável na primeira classe, e não conseguiu conter as lágrimas, chorando no corredor do avião, enquanto sua filha Lucy apenas sorria. A mãe explica que, mesmo agradecendo naquele momento ao homem, ainda assim sentiu que não conseguiu fazê-lo de forma apropriada, por isso decidiu publicar aquela mensagem.

1 4 Homem cede seu lugar na primeira classe de voo para mae que viajava com filha prematura doente

Direitos autorais: reprodução Facebook/arquivo pessoal.

Kelsey agradeceu ao homem não apenas por ele lhe ceder seu lugar na primeira classe, mas por perceber sua necessidade, por vê-las antes mesmo de entrar no voo e entender que nem sempre as coisas são fáceis para elas. Agradeceu-lhe ainda por ele ser altruísta, e isso a fez lembrar que ainda existe muita bondade no mundo e que não vê a hora de poder explicar a Lucy esse momento um dia.


Homem apaixonado não desiste do amor e se casa com mulher em estágio terminal de câncer

Artigo Anterior

Família constrói casa com material reciclável com as próprias mãos em apenas 3 meses

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.