Pessoas inspiradoras

Homem dá R$100 a menino que vendia balas na rua: “Deus honra o fruto do nosso suor”

homem da R100 a menino que vendia balas na rua Deus honra o fruto do nosso suor

O gesto especial desse homem mudou o dia do menininho. Confira!



Generosidade e empatia podem mudar vidas. Olhar para as lutas e objetivos de outras pessoas com cuidado e respeito, sabendo reconhecer seu esforço e fazendo o possível para tornar sua caminhada mais iluminada, desperta profundo sentimento de alegria e gratidão, além da confiança para que continuem firmes.

Ainda que para nós esses gestos de apoio sejam pequenos, para elas podem significar a oportunidade de continuar a batalhar por aquilo que desejam e necessitam, e fazer verdadeiramente a diferença em seus dias.

No momento atual que estamos vivendo, atitudes de solidariedade e empatia têm se mostrado mais importantes e valiosas do que nunca, por isso é importante que continuem a se fazer presentes em nossas vidas.


Hoje trouxemos um exemplo muito especial desses gestos, que mostra quanta diferença eles podem fazer nas vidas das pessoas.

Fabiano Zanzin, CEO do Instituto Brasileiro de Gestão e Liderança, palestrante, colunista e autor, compartilhou em seu perfil no LinkedIn um encontro com um menino nas ruas, que mudou o seu caminho.

Fabiano conta que o menino estava vendendo balas na rua e que, ao se aproximar, percebeu que ele estava muito limpo e arrumado, assim como o pote onde guardava os doces. No entanto, ainda estava confuso com o tempo do semáforo e tinha ouvido “não” de aproximadamente três motoristas aos quais ofereceu as balas.

Ao ver aquela situação, o CEO se identificou com o menino, dizendo que vendeu salgadinhos, aos 8 anos, e percebeu que poderia fazer a diferença em sua vida através de uma atitude.


Fabiano, então, parou seu carro perto do menino e lhe deu uma nota de R$ 100 pelas balas, que custavam R$ 1,50 cada uma. Confuso, o garoto disse que não tinha troco para uma nota tão alta, mas o homem disse que queria todas.

Grato pela atitude de Fabiano, a primeira reação do menino foi colocar a cabeça para dentro do carro do homem dar-lhe um abraço muito sincero e dizer: “Deus te abençoe!”.

Fabiano, então, despediu-se do menino e foi embora. Sua publicação, feita no fim de março, já soma mais de 735 mil visualizações e 53 mil curtidas na rede social, assim como comentários de apoio, dizendo que essa atitude marcou a vida do jovem.

Apesar de o trabalho nas ruas não ser ideal para crianças, certamente o menino se lembrará para sempre do gesto de Fabiano e o usará como motivação em seus dias mais difíceis.


Compartilhe este texto em suas redes sociais!

“Criar uma criança é fácil, basta satisfazer-lhe as vontades. Educar é mais trabalhoso” (Içami Tiba)

Artigo Anterior

Homem compra vestido de tamanho menor para esposa para “fazê-la perder peso”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.