Pessoas inspiradoras

Senhor de 101 anos realiza sonho e se forma no ensino médio após 80 anos. Exemplo de resiliência!

Foto: Reprodução
idoso se forma no ensino medio

Depois de 80 anos que ele deixou a escola, Merrill Pittman Cooper concluiu esta etapa tão importante na sua educação.

Um homem de 101 anos concluiu uma importante etapa da sua vida, mesmo que tardiamente. Aos 101 anos, Merril Pittman Cooper, um importante líder sindical da Filadélfia, conquistou o seu diploma do ensino médio depois de 80 anos que saiu da escola.

Ele não pode concluir os estudos no tempo esperado, na adolescência, pois sua mãe não tinha dinheiro para pagar as mensalidades da escola, tendo em vista as dificuldades econômicas que ela enfrentava no cenário de crise nos Estados Unidos segregados de 1930.

De acordo com informações do Washington Post, Merril terminou seu primeiro ano do ensino médio em 1938, em um internato que anteriormente era focado na educação de crianças que haviam sido escravizadas no futuro Cooper disse que percebeu que sua mãe, que trabalhava como empregada doméstica, não podia pagar o pagamento final da mensalidade de seu último ano. Ele a encorajou a se mudar para a Filadélfia, onde ela tinha família. Na época, ele preferiu sacrificar seus estudos pelo bem-estar da família.

Ele conseguiu um emprego em uma loja de roupas femininas na Filadélfia para ajudar a pagar as contas, depois foi contratado em 1945 como operador de bonde urbano, disse ele, sendo um dos primeiros negros na região a desempenhar tão função.

Cooper se recorda do racismo que viveu na época, dizendo que nem ao menos gostaria de repetir as palavras baixas que algumas pessoas já lhe proferiram na época em que trabalhava nos bondes. Uma vez, foi preciso que a Guarda Nacional estivesse presente para que o desrespeito fosse controlado.

Foi por conta dessas dificuldades que o homem decidiu se jogar de cabeça na luta sindical, se tornando uma das vozes mais potentes de sua região no clamor por mais direitos aos trabalhadores.

2 Senhor de 101 anos realiza sonho e se forma no ensino medio apos 80 anos. Exemplo de resiliencia

Direitos autorais: Reprodução / Arquivo pessoal

Merril tinha orgulho de sua carreira, mas sentia que algo faltava; ele ainda desejava concluir seus ensinos do colegial. Ele até pensou que seria tarde demais para realizar tal sonho, mas com o incentivo da família, o homem decidiu que já era tempo de realizar este sonho.

O genro de Cooper, Rod Beckerink, é um professor de estudos sociais aposentado de Jamestown, NY, que ouviu Cooper falar sobre a dificuldade de obter uma educação como um adolescente negro na década de 1930.

Ele decidiu que já era hora de seu sogro receber o diploma que havia perdido quando desistiu pouco antes de seu último ano. Foi uma jornada difícil para um jovem negro que queria uma boa educação em 1938.

Cooper era filho único de uma mãe solteira, que para pagar as contas foi trabalhar como governanta para uma família nas proximidades para pagar suas mensalidades e alimentação no internato. Alguns professores levavam o jovem Merril para comprar roupas e sapatos novos, para frequentar as aulas. A maioria dos professores que o ajudaram eram negros também

Nesta época, o sonho dele era ser advogado, mas mal sabia ele que iria impactar a vida de outros de uma forma diferente. Depois de anos como motorista de bonde, ele passou a conduzir ônibus e foi ali que ele se lançou como sindicalista pela classe dos motoristas de transportes, atuando em vários cargos sindicais, incluindo presidente, até ser contratado em 1980 como vice-presidente do que era então conhecido como Sindicato Internacional dos Trabalhadores em Transportes na cidade de Nova York.

3 Senhor de 101 anos realiza sonho e se forma no ensino medio apos 80 anos. Exemplo de resiliencia

Direitos autorais: Reprodução / Arquivo pessoal

Em 1978, casou-se com Marion Karpeh, mãe solteira de três filhos que morava em um bairro próximo na Filadélfia e trabalhava como farmacêutica. Eles namoraram por 14 anos e se apaixonaram por longas conversas alimentadas por bolo caseiro, lembrou Marion Beckerink, enteada mais nova de Merril, que lembrava sempre o quanto ela e os irmãs ficavam impressionados com os conhecimentos do padrasto em literatura e sua impressionante oratória. A parceira de longa data do homem faleceu em 2015.

A ideia de dar a Cooper um diploma honorário do ensino médio começou depois que Marion e o marido o levaram em 2018 para visitar o local onde ficava sua antiga escola pela primeira vez desde quando precisou desistir da escola. Cooper disse que algo mais se destaca na viagem de volta à sua cidade natal: com o fim da segregação, ele pode frequentar lugares onde antes a sua presença era proibida.

O genro de Merril entrou em contato com as autoridades de Harpers Ferry National Historical Park e o Jefferson School District para organizar uma cerimônia surpresa para quando Merril tivesse concluído seus estudos.

4 Senhor de 101 anos realiza sonho e se forma no ensino medio apos 80 anos. Exemplo de resiliencia

Direitos autorais: Reprodução Facebook / Jefferson County Schools, WV

Três anos depois, em 19 de março de 2022, o tão esperado momento chegou. De beca e segurando um diploma, Merril colou grau no ensino médio.

O senhor confessou que nunca pensou que aquilo poderia acontecer de verdade, mas aquele era o dia mais feliz da sua vida. Ele disse que mesmo que tenha demorado um pouco mais do que o esperado, ele estava feliz de finalmente ter o seu diploma em mãos!

0 %