Pessoas inspiradoras

Homem distribui currículos escritos à mão e recebe muitas propostas. Esforço recompensado!

Ele escreveu os currículos em folhas simples de caderno e saiu colando pelos postes da cidade, a atitude chamou a atenção de muitos empregadores.



O desemprego é uma das piores coisas que podem acontecer a uma pessoa, causa desespero, angústia e aflição. Acordar todos os dias sem ter a certeza de que haverá comida na mesa é um mal que ninguém no mundo deveria passar, sentir a fome tomar conta de seu corpo e não ter forças sequer para se levantar da cama. A fome atinge não só os adultos, mas também vitimiza as crianças de todas as partes do mundo.

Por isso, a população mais vulnerável é a que deveria ser empregada mais rapidamente, já que não encontrará oportunidades que consigam suprir suas necessidades básicas. Deveria existir um esforço coletivo para ajudar essas famílias, inúmeras mães que criam sozinhas seus filhos, pais que não possuem estudos, a encontrar o mais rápido possível um trabalho.

Os moradores de Hermosillo encontraram, pelos postes da cidade, um anúncio diferente. Em uma simples folha de caderno pautada, havia as qualificações de Ángel Medina, o que sabia fazer e o dominava no trabalho, no fim da página, seu nome e seu telefone.


O homem em questão estava procurando emprego, mas não tinha condições de imprimir folhas mais formais de seu currículo, por isso tomou a decisão de escrever em vários papéis, com letra cursiva mesmo, tudo o que estava habilitado a fazer.

No currículo simples, ele dizia que procurava emprego em uma fazenda, explicava que tinha experiência no manejo de gado, e que também sabia criar, ordenhar, fazer queijo e dominar potros. Além disso, o homem, de 44 anos, ainda relatava que não possuía maus hábitos. O pedido chamou a atenção de moradores e empregadores, tanto da cidade, quanto de outras vizinhas, pela simplicidade, que denotava desespero.

Direitos autorais: reprodução/El Imparcial.

Ángel Medina estava em uma difícil situação, havia perdido um filho e, logo depois, seu emprego. Sentia-se completamente desolado e sem esperanças, a falta de dinheiro impossibilitava que ele fizesse currículos mais apropriados para distribuir, mas, mesmo assim, o simples homem não desistiu!


Sua busca ecoou nas redes sociais, e jornais locais decidiram procurar o dono daqueles dizeres. Isso fez com que Ángel recebesse mais de 30 propostas, segundo reportagem do El Imparcial. A sua resistência e força o mantiveram firme em seu propósito, ninguém deve passar por situação parecida, mas também é bonito perceber que as pessoas, mesmo em terríveis momentos, não abaixam a cabeça para os obstáculos que surgem.

Graças a tudo isso, Ángel recebeu uma ligação de Guadalajara, onde vai trabalhar e cuidar do negócio de um respeitável senhor da região de San Pedro.

Ele explica que nunca pediu favores ou queria um presente, escreveu seus currículos porque precisava de emprego e, graças a Deus, conseguiu o que tanto esperava.

Direitos autorais: reprodução/El Imparcial.


Mesmo tendo passado por tantos momentos difíceis, Ángel ainda é capaz de oferecer palavras de consolo às pessoas que estão na mesma situação, e afirma que mesmo quando as coisas parecem estar ruins, outras coisas melhores irão surgir pelo caminho.

A persistência fez com que ele conquistasse algo importante e valioso, um emprego digno, que muitas pessoas do mundo também sonham em ter.

O que achou da história de persistência de Ángel?

Comente abaixo e compartilhe nas suas redes sociais para espalhar esperança!


 

Amores pela metade serão sempre amores falsos (por Fabricio Carpinejar)

Artigo Anterior

“Não poderia dizer não para a irmã dela”: gêmeas se reencontram depois de serem adotadas por casal

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.