Comportamento

Homem incomodado “socou” assento de passageira em avião porque ela o reclinou diversas vezes

homem incomodou e ‘socou assento de passageira em aviao apos ela reclina lo diversas vezes

O homem teve uma reação extrema e acabou dividindo opiniões nas redes sociais.



As viagens, sejam a lazer ou a trabalho, costumam ser experiências bastante interessantes para quem gosta de explorar lugares e aprender sobre diferentes culturas.

Quando sabemos que temos uma viagem programada, podemos nos sentir muito animados e ansiosos, contando as horas para o momento em que deixaremos o comum e partiremos rumo a novas vivências.

No entanto, algumas vezes, o trajeto que percorremos até o destino pode acabar com toda a magia da viagem. Seja de carro, ônibus, van ou avião, podemos ficar próximos de pessoas que não sabem como se comportar durante a viagem, causando-nos alguns transtornos que tiram a nossa paciência.


Se você já passou por uma situação como essa, com certeza sentiu vontade de ter uma reação exagerada apenas para colocar a outra pessoa em seu devido lugar, literalmente. Mas será que nós sempre estamos certos? Talvez o caso que contaremos a seguir faça você repensar sua definição de passageiros “sem noção”.

Conforme contado pelo Daily Mail, um homem perdeu as estribeiras e “socou” o assento da mulher à sua frente porque ela não parava de recliná-lo e já o estava incomodando. A situação foi flagrada por Wendi Williams, a própria mulher sentada na frente do homem. Segundo ela, o banco dele não se reclinava, o que era um problema, caso ela continuasse reclinando o seu, pois ele ficaria sem espaço.

Williams contou que, quando ela reclinou o assento pela primeira vez, o homem pediu que ela o ajustasse enquanto ele comia, o que ela fez. No entanto, quando ele acabou de comer, ela reclinou-se novamente e alegou que ele socou a sua poltrona cerca de nove vezes.

Wendi captou algumas imagens que retratam o homem batendo ritmicamente e com força no seu assento. Em uma postagem nas redes sociais, que já foi apagada, a mulher disse que ainda estava com dor por conta da atitude do passageiro e que tem problema na coluna cervical.


Ela ainda afirmou que, depois que reclamou com uma comissária de bordo, os funcionários ofereceram ao homem uma bebida de cortesia e ameaçaram escoltá-la para fora do avião. Segundo ela, a companhia “American Airlines” ainda lhe informou que, se quisesse uma solução, deveria entrar em contato com o FBI.

O caso, como se pode imaginar, repercutiu no Twitter, onde Wendi contou sua experiência. Muitas pessoas saíram em seu favor, algumas dizendo que não acreditam que a “American Airlines” não a ajudou, e outras disseram que o homem deveria ser preso por sua conduta. Um usuário ainda afirmou que teria dito ao homem que pagou por aquele assento e que ainda falaria em voz alta sobre o assédio que estava sofrendo.

No entanto, nem tudo são flores, e outras pessoas saíram em favor do homem, compreendendo a situação que ele deve ter passado. Um usuário contou que tem quase 2 metros de altura e não suporta pessoas “imprudentes” nos assentos de viagens.

Outra pessoa defendeu o homem dizendo que ele certamente não escolheu um assento defeituoso e que ela estava reclamando por ele não ter sido atencioso, sendo que estava fazendo a mesma coisa.


A repercussão do caso fez com que a “American Airlines” se manifestasse. Um porta-voz disse que a empresa está ciente da briga e que está analisando todo o problema, pois a segurança e conforto dos clientes e membros da equipe são sua prioridade.

Essa é uma situação realmente complexa, em que ambos os lados devem ser bem analisados. No entanto, uma coisa é certa: os dois protagonistas certamente pensarão duas vezes antes de escolher seus lugares na próxima viagem.

O que você enxerga primeiro na imagem? Sua resposta revela quão irritante e infantil você é!

Artigo Anterior

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.