Notícias

Homem mata esposa com tiro e diz em hospital que vítima passou mal

Um marido foi preso na madrugada este domingo (15) em flagrante após matar a mulher dele com um tiro em Brasnorte (MT). De acordo com a Polícia Civil, Adriana Pereira Gomes, de 46 anos, morreu no Hospital Municipal de Brasnorte.


O marido dela, Leonardo Sales, de 33 anos, levou a vítima até o hospital e mentiu dizendo que ela havia passado mal, reclamando de dores.

Os médicos fizeram raio-X e encontraram uma bala alojada no corpo da mulher, que não resistiu e morreu durante o atendimento.
Inicialmente Leonardo contou aos médicos que eles estavam em uma festa na casa de amigos e que Adriana o teria chamado para ir embora. O casal mora em uma fazenda.

Ele disse que ela teria reclamado de dores e foi levada por Leonardo até o hospital, onde os médicos perceberam que, na verdade, Adriana havia sido baleada nas costas pelo suspeito.
Leonardo foi autuado em flagrante pela Polícia Civil pelos crimes de feminicídio e posse irregular de arma de fogo. Depois de ser ouvido, o suspeito foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória de Juína.

Ines Correa Lima, de 47 anos, foi atacada pelo marido e morreu antes de ser socorrida; suspeito é Dnilson Gonçalves da Silva, que foi preso — Foto: Facebook


Outro feminicídio

Foi o segundo feminicídio registrado em Mato Grosso neste final de semana. Outra mulher foi assassinada a facadas no início da noite deste sábado (14) em União do Sul, Mato Grosso. De acordo com a Polícia Militar, Ines Correa Lima, de 47 anos, foi atacada pelo marido e morreu antes de ser socorrida.

O suspeito é Dnilson Gonçalves da Silva, que foi encontrado pelos policiais chorando na casa onde o assassinato ocorreu. Ele confessou o crime e foi preso em flagrante. O casal tem um filho menor de idade.

Caso MC Kevin: em novos depoimentos, amigos do cantor contrariam versão apresentada por modelo fitness

Artigo Anterior

Jovem morre após entrar em buraco de cachoeira para tirar foto

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.