Notícias

“Homem preto não quer a mulher preta”, diz Glória Maria no Roda Viva

gloria maria

A apresentadora Glória Maria falou sobre racismo durante entrevista ao programa ‘Roda Viva’, da TV Cultura, exibido na última segunda-feira (14).

Durante o bate-papo, a jornalista abriu o coração ao explicar como foi lidar com isso ao longo de sua vida, inclusive nos relacionamentos. Ela também foi questionada se o fato de ser famosa a blindou do preconceito racial.

“Nada blinda preto de racismo, nada. E com mulher preta é pior ainda. Nós somos mais abandonadas e discriminadas, porque o homem preto não quer a mulher preta. Nada blinda a gente. Você tem que aprender a se blindar da dor, isso é importante”, afirmou Glória Maria.

“Se você for esperar uma proteção universal, você está perdida. Você tem que fazer com que a vida te faça aprender a se blindar”, completou a apresentadora do ‘Globo Repórter’.

Preocupação com as filhas

Ainda na entrevista, Glória Maria revelou que as filhas, Laura e Maria, também já sofreram racismo, inclusive na escola.

“Uma vez a Laura chegou em casa e disse que um amigo chamou a cor dela de feia. Ela chegou em casa muito tocada, e a gente sentou e conversou. Eu usei o grupo de mães para contar o que tinha acontecido e que elas orientassem os filhos. Mas isso não vem da criança, isso vem da família. O racismo é uma coisa que você em casa”, relatou a jornalista.

Ligada no BBB 22

Durante o ‘Encontro com Fátima Bernardes’, a apresentadora Glória Maria se envolveu em uma polêmica ao fazer críticas a respeito das atitudes de Jade Picon dentro do BBB22.

Na conversa, Glória cogitou que a influencer criou um “personagem” por Jade dizer o tempo inteiro que não sabe fazer tarefas domésticas básicas, como varrer o chão ou que cortar cebola faz chorar.

“Será que isso não é um personagem? Até os ricos sabem lavar louça ou cortar cebola. Será que não é um personagem que ela criou? Porque as pessoas também tem um certo fascínio com o rico, com quem não sabe fazer nada”, começou ela.

0 %