Notícias

Homem que morreu ao cair de altura de 30 metros em cachoeira tentava fazer selfie, diz polícia do DF

homem cachoeira

O homem de 39 anos que morreu após cair de uma altura de cerca de 30 metros, na cachoeira Azul, em Brazlândia, tentava fazer uma selfie, quando escorregou em uma das pedras e despencou na queda d’água. A informação foi confirmada pela Polícia Civil do Distrito Federal, nesta quinta-feira (11).



“Os investigadores tiveram conhecimento de que a vítima tentava realizar uma selfie, quando escorregou em uma das pedras da cachoeira e, por conseguinte, foi arrastada pela correnteza, colidindo com diversas pedras das corredeiras”, diz a ocorrência policial.

A vítima foi identificada como Rafael Santana. Consta no boletim de ocorrência que o corpo do homem foi encontrado embaixo das quedas de água, com lesão aparente no crânio.

A 18ª Delegacia de Polícia, em Brazlândia, investiga o caso.


Uma equipe do Corpo de Bombeiros chegou a ir ao local, fez o resgate da vítima, e tentou procedimentos de reanimação. Porém, o homem morreu no local. Ao todo, 13 militares e três veículos participaram da operação.

Filha de piloto de avião de Marília Mendonça sofre ataques na web: “Não desejem ódio”

Artigo Anterior

Mãe diz que filho foi trancado em sala na escola por apresentar sintomas de covid-19: “Ele estava apavorado”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.