Comportamento

Homem que viaja o mundo doando sêmen diz já acumular 78 filhos!

Capa Homem que viaja o mundo doando semen diz ja acumular 78 filhos

Ele afirma que nunca cobrou pelas doações e, antigamente, ajudava mulheres que queriam engravidar “à moda antiga”



Ter uma família grande é um sonho para alguns e um caos para outros. A verdade é que as relações entre pais e filhos são complicadas, por isso há quem opte pela segurança de ter poucas crianças em casa, ou até mesmo nenhuma. Porém, existem aqueles corajosos que se arriscam na jornada de criar várias crianças, ser pai ou mãe e um exemplo para os seus pequenos.

Também temos casos de pai de vários filhos, mas não necessariamente reunidos nem da mesma união.

Isso pode ser até considerado corriqueiro hoje em dia em virtude das configurações de família em que um dos pais não vê muito o filho por conta de uma separação, por exemplo, mas o caso a seguir está muito longe de parecer com todas as definições de paternidade a distância. O feito do professor universitário norte-americano Ari Nagel se compara ao de raros homens: com 44 anos, ele já é pai de mais de setenta crianças!


2 Homem que viaja o mundo doando semen diz ja acumular 78 filhos

Direitos autorais: reprodução Facebook/Ari Nagel.

O homem teve sua história contada em diversas manchetes mundo afora, primeiramente, por suas frequentes doações de esperma, o que lhe valeu o apelido de “O Esperminador” nos tabloides internacionais. De acordo com o portal Fox News, o homem chegou a mencionar em entrevistas que já tem 78 filhos.

Ari explicou que a forma como conhece as mulheres que ajuda varia muito, tudo depende de onde elas estão logisticamente localizadas, uma vez que ele auxilia mais de uma mulher por mês, de diferentes localidades.

Porém pediu que o foco dessas histórias não recaísse sobre ele. Segundo Ari, para as pessoas que ajuda com suas doações, aquilo representa a chance de ter o primeiro ou segundo filho, e que ele fica feliz em ajudá-las a alcançar esse objetivo, a construir uma família.


As mães para quem Ari doa seu esperma são das mais variadas localizações, tanto nos Estados Unidos quanto em outros países, e a maioria entra em contato com ele para fazer uma inseminação artificial.

De acordo com entrevista à jornalista britânica Claire Byrne, ele revelou que cerca de meia dúzia de seus filhos foram concebidos “à moda antiga”, mas isto teria sido antes de sua jornada nas doações mais intensas, agora ele entrega as doações em copinhos de plástico descartáveis, para proteger a si e as mulheres de contraírem doenças sexualmente transmissíveis. Na época da entrevista, ele também informou que 13 mulheres estariam grávidas dele naquele momento, todas pelo método da fertilização artificial.

3 Homem que viaja o mundo doando semen diz ja acumular 78 filhos

Direitos autorais: reprodução/Facebook.

As doações de esperma de Ari são todas gratuitas, de acordo com vários relatórios e entrevistas dele aos meios de comunicação, aos quais afirma nunca cobrar nenhum centavo pelo seu ato. Ele diz que não consegue dizer “não” a esses pedidos e que a melhor remuneração desse ato é ser pago com uma gratidão para a vida inteira, beijos e abraços.


Perguntado se alguma vez avalia quem pede uma doação de esperma, Ari respondeu que não aplica nenhum tipo de teste de seleção para as mulheres que solicitam sua assistência, ele apenas ajuda quem entra em contato.

Sobre o convívio com as crianças, o homem diz se sentir muito orgulhoso de ser pai de tantos filhos, e que alguns ele consegue ver com mais frequência do que outros, dependendo da distância e de como cada família que Ari ajudou a formar se sente sobre a situação.

O professor revelou também que, além das pessoas que o procuram para pedir as doações, ele também viaja o mundo a fim de ajudar quem quer constituir uma família. Ele já foi à África, Geórgia, Barbados e Rússia para tentar auxiliar mulheres que queriam ter filhos.


Mulher recebe mensagem que teria ‘surpresa’ ao chegar em casa e encontra pais mortos.

Artigo Anterior

Pai é fotografado ouvindo jogo de futebol perto do túmulo do filho que morreu na volta de uma partida

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.