Pessoas inspiradoras

Homem salva mais de 2.500 crianças do tráfico de pessoas através de ONG. Exemplo de heroísmo!

CAPA Homem salva mais de 2.500 criancas do trafico de pessoas atraves de ONG. Um exemplo de heroismo

Indiano faz de sua vida uma batalha para salvar crianças em seu país. Sua iniciativa rendeu prêmios e o reconhecimento de todos os pequenos que foram salvos ao longo dos anos.



O tráfico de pessoas é uma triste realidade. Sob várias facetas, na maioria das vezes, mulheres e crianças são enviadas para outras regiões do mundo, onde são exploradas, sem nenhuma chance de liberdade. São retiradas da categoria de sujeito e passam a ser tratadas como objetos, como algo que pertence a alguém.

Normalmente, isso ocorre quando existe desigualdade social latente, em que uma cadeia de pessoas age para sequestrar ou atrair os mais vulneráveis com falsas promessas de melhora de vida.

Ajeet Singh sente correndo nas suas veias o desejo de mudar essa realidade. Desde 1988, quando fazia faculdade, Singh já sentia a necessidade de ajudar as pessoas exploradas.


2 Homem salva mais de 2.500 criancas do trafico de pessoas atraves de ONG. Um exemplo de heroismo

Direitos autorais: reprodução/Guria India.

Em Varanasi, na Índia, Singh, com apenas 17 anos, conheceu uma dançarina que se apresentava na festa de um primo. Na Índia, assim como em vários outros países, elas são consideradas símbolos de graciosidade, mas também são vistas como “mulheres da vida”.

Segundo entrevista do Global Citizen, aquela situação o incomodou profundamente. Ele não gostava da maneira como a mulher era tratada, e isso fez com que ele esperasse a festa acabar para conversar com a dançarina. A dançarina tinha três filhos.

Mesmo tão jovem, Singh estava determinado a ajudar aquela família a sair da exploração. O primeiro pensamento que lhe ocorreu foi adotar as crianças, o que seria o início de algo maior!


E foi assim que aconteceu. Singh adotou as crianças e passou a ajudar com a educação delas, quando tinha tempo livre, isso daria autonomia e independência a elas, permitindo-lhes traçar um novo rumo em suas vidas.

3 Homem salva mais de 2.500 criancas do trafico de pessoas atraves de ONG. Um exemplo de heroismo

Direitos autorais: reprodução/Guria India.

Mesmo com essa demanda, Singh ainda não se sentiu satisfeito e, em 1993, fundou a Organização Não Governamental Guria India, para combater a exploração de mulheres e crianças. Ele percebeu quão problemática era essa indústria quando a (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida-SIDA, chamada anteriormente de AIDS) se disseminou no país.

Ele foi para o “distrito da luz vermelha”, de Varanasi, e ali começou a atuar diretamente contra o tráfico e a exploração de pessoas. Os membros da ONG dizem que Singh se arriscou mais do que ele afirma, pois já se passou por clientes, já usou câmeras escondidas, tudo para documentar quantos bordéis havia na região e quantas meninas e mulheres eram exploradas nesses locais.


A Guria India já tem 28 anos e, nesse caminho, já salvou mais de 2.500 crianças do tráfico de pessoas. Atualmente, Singh mora na comunidade de Bedia, onde atua diretamente contra a prostituição familiar.

Com sua organização, o indiano preencheu a ausência de uma instituição que combatesse o tráfico e a exploração sexual na região. Ajeet, em vários momentos, sofreu preconceitos sociais, e ele e sua família também já sofreram perseguições.

As suas atuações são de forma ativa. A Guria India resgata essas crianças e oferece a elas um tratamento holístico, ajudando-as a criar estruturas para se emanciparem futuramente. Essa autonomia garante a essas crianças estudo, diversão e serem bons adultos.

O que achou desse exemplo inspirador?


Compartilhe com seus amigos nas redes sociais essa história!

Homem sem braços e pernas supera adversidades e cria as filhas sozinho: “Melhor pai do mundo”

Artigo Anterior

Menino de 7 anos salva filhote de crianças que queriam matá-lo. Um pequeno herói!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.