Homem sem pernas se arrisca para salvar gatinho de afogamento

Paratleta se locomove sobre cadeira de rodas, mas nem mesmo a deficiência o impediu de dar um exemplo de amor pelos animais ao salvar um gatinho.



É de partir o coração ver cães e gatos sozinhos pela rua, concorda? Os animais podem estar nessa situação porque fugiram de casa ou escaparam e não conseguiram mais voltar, depois de um momento de descuido do dono.

Mas, infelizmente, em grande parte das vezes, são os próprios tutores que deixam os animais abandonados, vagando pelas ruas. Os motivos são os mais variados: pouco espaço em casa, mudança, falta de paciência. Mas o fato é que nada disso justifica essa atitude desumana.

Cães e gatos, assim como qualquer outro ser vivo, merecem ser bem cuidados e respeitados. Não são como objetos, que usamos e jogamos fora. Uma pessoa tem de estar ciente disso antes de decidir adotar ou comprar um animal de estimação. Ter um animal em casa é, de fato, como se você tivesse adotado um filho.


Ele pode até de dar dor de cabeça, mas cabe a você educá-lo e ensinar-lhe o que é certo. Tratar os animais bem também é uma forma de agradar a Deus!

Mas, infelizmente, nem todos pensam assim e tomam atitudes covardes, como a que ocorreu em Sabah, na Malásia. Um filhote de gato foi encontrado agarrado à parede de concreto de um canal e, se não fosse por uma atitude heroica, poderia ter morrido!

Por sorte, o paratleta Abu Fathiyyaturahma Menk Abdun Mujtahid, de 30 anos, estava passando pelo local e decidiu agir. Abu, por si só, já é digno de admiração e força de vontade. Ele não tem pernas e se locomove em cadeira de rodas, mas se engana quem pensa que a deficiência o limita de alguma forma.

O rapaz é extremamente ativo e dotado de uma generosidade sem tamanho, que não lhe permitiu ignorar a situação do animal.


Usando apenas a força dos braços, ele desceu da cadeira e foi até o animalzinho, entre a vegetação de um terreno íngreme. Depois de resgatá-lo, o gatinho saiu em disparada rumo à pista, assustado.

O resgate é tocante, confira-o abaixo:

O vídeo foi gravado por um amigo de Abu e compartilhado nas redes sociais, onde vários internautas parabenizaram a atitude do rapaz. De fato, o salvamento do gatinho diz muito do caráter do atleta.

Quantas vezes não pensamos em desistir na primeira dificuldade? Ou achamos que o mundo vai acabar por conta de problemas que, em hipótese alguma, se comparam aos desafios de Abu?

Se você pode andar, tem boa saúde, um emprego estável e uma família unida, não reclame! Há pessoas enfrentando desafios muito maiores que o seu e mesmo assim estão por aí, espalhando o bem entre os seres humanos e oferecendo-o para os animais.

O que você achou dessa história de heroísmo e respeito aos animais?

Deixe o seu comentário e compartilhe-a em suas redes sociais.

 

 Direitos autorais da imagem de capa: reprodução Facebook.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.