publicidade

Homem usa ajuda do governo para criar horta e ajudar a alimentar sua comunidade. Coração de ouro!

Um grande exemplo de inteligência e senso de comunidade. Confira essa história!



A pandemia tem despertado um senso de comunidade muito especial e interessante em pessoas do mundo inteiro. Como todos estamos enfrentando a mesma realidade juntos, passamos a enxergar as pessoas à nossa volta com mais empatia e a considerar seu bem-estar e segurança assim como consideramos os nossos.

Essa onda de generosidade tem dado início a iniciativas muito legais, que estão fazendo a diferença na vida de muitas pessoas que precisam de auxílio nesta pandemia. Uma dessas iniciativas tem sido liderada por um estadunidense que encontrou uma maneira muito interessante de usar o auxílio recebido do governo nos últimos meses.

Michael Chaney, também conhecido como “Spirit Mike”, vive em Tampa, na Flórida (EUA), e decidiu usar o dinheiro para construir a própria horta, em sua casa, e gerar renda com os produtos.

Em entrevista ao Atlanta Black Star, ele disse que trabalha com jardinagem biointensiva, que definiu como “plantar o máximo que puder em um espaço pequeno”, e que escolhe as plantas anãs, porque crescem mais rapidamente. As variedades de sua horta incluem couve, mamão, berinjela, cebola, tomate e caju. Ele também tem nove frangos.

Segundo Michael, eventualmente, na sua horta será possível cultivar alimentos para uma comunidade inteira.


No entanto, ele já está começando a compartilhar a sua colheita. Michael explicou que está distribuindo os alimentos para as pessoas que vivem perto e que deseja saber a opinião delas sobre os seus produtos.

Com o seu negócio dando certo, Spirit Mike está incentivando outras pessoas que estão recebendo ajuda do governo a investirem em segurança alimentar. Ele disse que tudo que as pessoas precisam, se já tiverem o auxílio, é de um terreno e, com o tempo, nem precisarão mais desse dinheiro para se manter.


Michael é bastante envolvido com o seu negócio, e planeja tudo com muito cuidado.

Ele explicou que trabalha para que sua alimentação tenha “custo zero”, por isso envia os restos de sua comida para um depósito de larvas, que se tornam alimentos para suas galinhas. As galinhas produzem ovos, ele os vende e também os come.

Apesar de morar em um ambiente urbano, Michael disse que os vizinhos são bastante receptivos à sua horta, e que se sente feliz por poder inspirar outras pessoas a cultivarem os próprios alimentos.

Que ideia genial! Além de investir o dinheiro na própria independência, ele também está ajudando outras pessoas. Que seu exemplo se espalhe!

O que você achou do investimento de Michael?

Comente abaixo e compartilhe o texto em suas redes sociais!

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.