Notícias

Hospital realiza desejo de paciente com câncer que queria comer churrasco “igual ao que o pai fazia”

hospital realiza capa

Mais do que oferecer um tratamento profissional, atender com humanidade e empatia é essencial para a melhora do quadro de saúde do paciente.



Felizmente, a equipe de médicos e enfermeiros do Hospital de Amor (antigo Hospital de Câncer de Barretos), no interior paulista, sabem disso muito bem.

Na semana passada, o paciente Tauã Henrique Pires de Oliveira, 27 anos, morador de Araçatuba (SP), revelou um desejo aos médicos: “sentir o cheiro do carvão“, isto é, comer churrasco, daqueles bem típicos, iguais aos que o pai (que é churrasqueiro e chefe de cozinha) fazia e ele adorava ajudar.

Tauã enfrenta um tratamento de melanoma e está internado há um mês no Hospital São Judeu Tadeu, unidade especializada em cuidados paliativos e de atenção ao idoso.


hospital realiza 2

Direitos autorais: Reprodução / Facebook: @ohospitaldeamor

“Mais do que oferecer um tratamento de excelência e tecnologia de ponta, o Hospital de Amor oferece amor, capaz de amenizar dores e acalentar corações. Na última semana, Tauã sentiu esse carinho”, escreveu o Hospital de Amor (HA) em um post compartilhado no Facebook que já conta com mais de 12 mil curtidas e compartilhamentos.

Os funcionários do hospital se mobilizaram para fazer um belo de um churrasco no Centro de Eventos do HA, com direito a comidas gostosas, bebidas geladas e a presença de todas as pessoas que são especiais para Tauã, aproveitando esse momento ao lado dele!

hospital realiza 3

Direitos autorais: Reprodução / Facebook: @ohospitaldeamor


“É sempre uma satisfação realizar os desejos dos nossos pacientes. Todos da equipe se sentem realizadores de sonhos e a gratidão é nossa, por conseguir proporcionar momentos de alegria a eles. Após o churrasco do Tauã, ele nos agradeceu dizendo que aquele tinha sido o dia mais incrível de todos os últimos que ele tem vivido e ouvir isso, não tem preço nem explicação!”, afirmou a gerente de enfermagem do Hospital São Judas Tadeu, Verônica Faustino.

A enfermeira Graziela Ferreira aproveitou o post contando a história de Tauã para exaltar o trabalho dos profissionais de saúde do Hospital de Amor. Ela precisou internar a tia quatro anos atrás e hoje é muito grata pelo atendimento humanizado recebido.

“Gratidão por esta equipe e este hospital sempre. Nós que tivemos entes queridos que passaram por ali, sabemos do carinho e a humanização desta equipe. Lindo trabalho […] este hospital realmente é do amor”, disse.

hospital realiza 4

Direitos autorais: Reprodução / Facebook: @ohospitaldeamor


Caso Henry: ao chegar a audiência, Leniel Borel chama Jairinho e Monique de ‘monstros’

Artigo Anterior

Mulher fatura mais de R$ 4 milhões nas redes sociais imitando um cachorro

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.