Notícias

Idoso de 72 anos bate em flanelinha que exigiu R$ 10 por vigiar carro: “Vai trabalhar”

idoso

Um flanelinha de 35 anos foi preso, nesta quarta-feira (6/10), em Brasília, após exigir que um idoso de 72 anos pagasse R$ 10 por ele ter vigiado o veículo do homem.



Indignado, o motorista se recusou a pagar e foi atacado pelo guardador. Na luta corporal, o criminoso tentou arrancar o dinheiro do condutor, mas levou um soco e fugiu. Antes de ser atacado, o proprietário do carro ainda mandou o flanelinha “ir trabalhar”.

Policiais da 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul) identificaram que o suspeito tinha costume de roubar e extorquir motoristas, a maioria idosos, que estacionavam na Rua das Farmácias, na 102 Sul.

A PCDF pediu a prisão do criminoso e deu cumprimento ao mandado de prisão preventiva expedido pela 7ª Vara Criminal de Brasília, pelo crime de roubo tentado.


O flanelinha tem diversos antecedentes criminais e também responde a um processo de extorsão junto na 8ª Vara Criminal de Brasília. “Ressaltamos a importância do registro de ocorrência policial quando as pessoas forem ameaçadas, intimidadas ou agredidas por flanelinhas, para que, assim, a polícia possa atuar e retirar os que abusam de circulação das ruas”, explicou o delegado adjunto da 1ª DP, Maurício Iacozzilli.

“Não grite com meus filhos hoje”, apela mãe para motorista de ônibus, em vídeo viral

Artigo Anterior

Consumo de carne vermelha no Brasil chega ao menor nível em 26 anos

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.