Notícias

Idoso de 83 anos lamenta filho recém-nascido: “Não vou vê-lo crescer”

Foto: Reprodução
idoso

Um idoso de 83 anos tem vivido momentos mágicos ao lado do filho recém-nascido. Casado com Estefania Pasquini, o especialista em nutrição Alberto Cormillot desabafou sobre a chegada da criança.

Ele, que já é pai de dois filhos adultos e tem três netas, lamentou o fato de que não verá o mais novo herdeiro crescer.

A fim de impedir que a criança se esqueça dele caso Cormillot venha a óbito, o pai tem feito diversos vídeos e gravações em áudio. O objetivo é manter a lembrança da paternidade na cabeça do garoto.

“Tenho consciência de que a vida não é infinita. Aquela carinha está aqui e vou acompanhá-la até um determinado momento”, refletiu. “Até que isso aconteça, pretendo aproveitar todos os dias ao máximo”.

Screenshot 34 3

Direitos Autorais: Reprodução/Redes Sociais

Conforme o jornal britânico The Mirror, Estefania engravidou após um tratamento de fertilidade. O casal vive na Argentina.

Cormillot, famoso no país pelos diversos artigos já publicados, contratou um professor de chinês para o filho. Segundo ele, esta é a “língua do futuro”. “Quero que ele se acostume a ouvi-la quando criança e achará mais fácil aprendê-la quando crescer”, disse.

Screenshot 35 3

Direitos Autorais: Reprodução/Redes Sociais

0 %