Notícias

Idoso é suspeito de matar a esposa por engano após ouvir barulho, achar que era ladrão e atirar

idoso e suspeito de matar a esposa por engano apos ouvir barulho achar que era ladrao e atirar

Um idoso de 64 anos é suspeito de ter matado a esposa de 63 anos com um tiro por engano após ouvir um barulho e achar que tinham invadido a casa dele, em Goiânia. De acordo com o delegado Carlos Alfama, os dois eram casados há 45 anos e tinham 9 filhos.

“Uma fatalidade. Ele ouviu um barulho na janela, achou que fosse um ladrão, disse ter visto um vulto e atirou, mas era a esposa dele. Ao perceber, ele entrou em desespero total”, disse o delegado.

O caso aconteceu no Condomínio Privê das Oliveiras. O delegado contou que um morador de rua bateu no portão da casa do casal pedindo abrigo durante a madrugada. O idoso relatou aos agentes que estranhou a situação e, enquanto ele atendia este homem, ouviu um barulho no quintal e efetuou o disparado.

O delegado informou que o idoso usou uma espingarda de fabricação caseira, a qual não tinha registro e, por isso, foi autuado por porte ilegal de arma e conduzido à Central de Flagrantes. Alfama informou ainda que o casal não tinha desavenças.

De acordo com o boletim de ocorrências, foi um vizinho que acionou a polícia após ouvir gritos do idoso pedindo por socorro. A mulher dele foi atingida com um tiro nas costas e morreu no local, conforme o relato policial.

O idoso teve a liberdade provisória concedida pela Justiça após audiência de custódia, que aconteceu nesta tarde.

0 %