Pessoas inspiradoras

Idoso que morava nas ruas ganha o coração de menino de 4 anos e família decide adotá-lo

4 capa Idoso que morava nas ruas ganha o coracao de menino de 4 anos e familia decide adota lo

Mesmo sendo tão novo, o menino percebeu que o senhor em situação de rua precisava de alimentos e companhia, e convenceu sua família a adotá-lo.



As pessoas passam por necessidades que a maioria de nós não consegue mensurar. Todos os dias, milhões de pessoas em situação de rua batalham por um prato de comida, um banho e uma cama para dormir. Ao contrário do que muitos pensam, ninguém está em situação de vulnerabilidade porque deseja, mas porque não possui oportunidades ou simplesmente alguém que ajude.

Se não possuir um teto já é uma condição que fere os direitos humanos básicos, estar nessa condição, quando se é idoso, é ainda mais assustador. Quando se tem mais idade, as necessidades se redefinem, o que antes era fácil de ser concluído, torna-se algo infinitamente complicado. As pessoas idosas precisam de uma estrutura mínima para sobreviver, cuidados, companhia e, muitas vezes, acompanhamento médico adequado.

Sentindo empatia por um idoso em situação de rua, Tiziano, um menino de apenas 4 anos, que estava indo comprar biscoitos com sua mãe, perguntou se poderia comprar comida para ele também. Eles compraram biscoitos e um sanduíche, e o garotinho perguntou a Tano, o desconhecido, se estava feliz, ao que ele respondeu prontamente “sim”.


Percebendo a nobre atitude do filho, Florencia perguntou a Tano se ele precisava de algo, ele respondeu que, se fosse possível, gostaria apenas de um casaco e sapatos.

A mãe do pequeno garoto disse que levaria o que tivesse no dia seguinte, e prometeu ao filho que voltariam. Porém, quando retornaram ao local, o senhor já não estava mais ali.

4 2 Idoso que morava nas ruas ganha o coracao de menino de 4 anos e familia decide adota lo

Direitos autorais: reprodução YouTube/TN Notícias.

Foram duas semanas até encontrar Tano, o desespero dos dois foi tão grande, que Florencia logo concordou em levar o idoso para casa, quando seu filho lhe perguntou se podiam. A mãe achou prudente oferecer um lar a ele, assim evitaria algo ruim, pois o perigo das ruas, principalmente para as pessoas com mais idade, é iminente.


Esse avô recebeu o maior conforto que a família poderia oferecer: banho quente, refeições apropriadas e, caso decidisse ficar, um quarto só para ele.

Infelizmente, a história de Tano revela a crueldade que algumas famílias podem exibir, dependendo do contexto. Ele foi expulso de casa pela própria filha porque seu atual namorado não gostava da presença do sogro.

4 3 Idoso que morava nas ruas ganha o coracao de menino de 4 anos e familia decide adota lo

Direitos autorais: reprodução YouTube/TN Notícias.

Tano explica que uma criança, com um coração verdadeiramente puro, foi quem o salvou das ruas, quando convenceu sua família de que deveria adotá-lo.


Hoje em dia, Tiziano e o senhor são grandes amigos, e passam os dias fazendo atividades recreativas, como cuidar das plantas, ler livros ou brincar.

A boa ação pode parecer que mudou apenas a vida de Tano, mas a verdade é que a família também se sente muito feliz em receber uma pessoa tão maravilhosa em casa. Tiziano precisava de companhia, e a amizade dos dois supera todas as barreiras de idade e proximidade que possamos imaginar.

Que lindo exemplo! O que você achou dessa história?

Comente abaixo e compartilhe-a nas suas redes sociais!


Faxineiro de escola infantil é presenteado com R$200 mil e recebe o “título de herói”. Os alunos o valorizam!

Artigo Anterior

Mãe dá à luz durante tratamento de quimioterapia: “A vida, às vezes, é mais forte do que tudo”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.