Notícias

Idoso suspeito de abusar de menina de 4 anos diz que foi “provocado”

idoso suspeito de abusar

Um idoso de 76 anos foi preso na noite desta quinta-feira (28) suspeito de abusar sexualmente de uma menina de 4 anos em Ibirité, na região metropolitana de Belo Horizonte. O investigado alega ter sido “provocado” pela criança.



A Polícia Militar foi acionada por uma moradora que teria registrado, por meio das câmeras de vigilância, o momento em que o idoso molestou a vítima.

O homem estaria sentado em um banco, enquanto acariciava as partes íntimas da vítima com uma das mãos e se masturbava com a outra.

O suspeito também teria sido flagrado beijando a criança na boca. Segundo a ocorrência, sempre que alguém se aproximava, o homem mandava a menina se sentar ao lado dele para não chamar atenção. De acordo com os agentes, uma viatura estava a poucos metros do local, mas os policiais não perceberam os abusos.


Após identificar o suspeito, os policiais foram até a casa do idoso, que confessou ter cometido o crime, mas alegou que os abusos foram “provocados” pela menina, que teria “segurado seu rosto e beijado sua boca”.

Aos policiais, a mãe da menina contou que o homem era uma pessoa de confiança da família e que nunca havia suspeitado dos abusos. A mulher afirma ter ficado transtornada e acredita que, por não ter levantado suspeitas, o idoso já estaria cometendo os abusos havia algum tempo. O suspeito foi preso por abuso sexual contra menor de idade e, segundo a Polícia Civil, já foi encaminhado ao sistema prisional.


Se você presenciar um episódio de violência contra crianças ou adolescentes, denuncie o quanto antes através do número 100, que está disponível todos os dias, em qualquer horário, seja através de ligação ou dos aplicativos WhatsApp e Telegram.


O mesmo número também atende denúncias sobre pessoas idosas, pessoas com deficiência, pessoas em restrição de liberdade, população LGBT e população em situação de rua. Além de denúncias de discriminação étnica ou racial e violência contra ciganos, quilombolas, indígenas e outras comunidades tradicionais.

Foto de pai e filho vítimas de guerra é eleita a melhor do ano em prêmio

Artigo Anterior

Michelle publica imagem como Mulher-Maravilha e de Bolsonaro como Super-Homem

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.