Amor

Idosos casados há 60 anos choram de felicidade em reencontro após 215 dias separados

Depois que o marido Joseph teve a perna amputada, Eve foi proibida de visitá-lo devido à pandemia, mas o casal não deixou de se amar por um único dia.



Por mais que muita gente não admita, encontrar um grande amor, com quem possa viver para o resto da vida, ainda é o desejo de muitas pessoas.

Infelizmente, encontrar casais casados há décadas não tem sido algo tão comum. Muitas pessoas não têm mais paciência para dedicar seu tempo e fidelidade a uma relação, elas brigam e, por qualquer problema, mínimo que seja, decidem romper o relacionamento.

Por outro lado, também existem histórias de amor que resistem ao tempo, às adversidades da vida e até a distância, como é o caso dos apaixonados Joseph e Eve Loreth, ambos com 80 anos de idade, que moram na Flórida (EUA).


Eles estão casados há 60 anos mas, infelizmente, viram-se obrigados a ficar longe um do outro por exatos 215 dias, neste ano. A angústia do casal começou em março, quando Joseph teve uma infecção na perna e precisou ser hospitalizado.

A situação era tão grave, que a perna esquerda do senhorzinho precisou ser amputada e, consequentemente, ele teve de passar vários meses se recuperando.

Como se a cirurgia não fosse motivo de sobra para preocupação do casal, Eve, que sofre de demência, também não pôde visitá-lo devido a restrições de saúde adotadas para prevenir o contágio do novo coronavírus. É claro, os dois mantiveram contato, quase que diariamente, por telefone ou a certa distância, por meio das janelas do hospital.


Por sorte, nenhum dos dois se infectou com o vírus, mas devido à idade avançada, os médicos decidiram mantê-los afastados, para o bem da saúde deles. Contudo, conforme os casos da doença foram diminuindo e as medidas sanitárias sendo afrouxadas, o casal, por enfim, pôde se ver depois de longos sete meses.

Graças à ajuda dos funcionários da casa de repouso, Rosecastle, em Delaney Creek (EUA), onde o casal mora, Joseph e Eve puderam finalmente se abraçar. O vídeo foi postado pela casa de repouso e reproduzido pelo canal Fox News.

Na filmagem, é possível ver um funcionário da Rosecastle empurrando Joseph para ver Eve, que foi pega de surpresa, numa sala de visitas.


Ao ver a esposa, Joseph não segurou a emoção e começou a chorar. “Eu não achei que eu chegaria aqui. Senti tanto a sua falta”, disse o idoso aos pratos à mulher. Já Eve também deixou claro o quanto sentiu a falta do marido e se declarou: “Eu te amo.”

Confira o vídeo desse reencontro emocionante:

Que lindo, não é mesmo? Ainda conforme a Fox, o casal se conheceu numa pista de patinação, nos tempos de escola, e começou a namorar. Depois de se casar, a família viveu em Iowa e criou cinco filhos, além de vários netos.


Que a história de amor desse simpático casal continue por muitos e muitos anos!

Você também sonha em viver uma história de amor como a de Joseph e Eve? Responda nos comentários.

E não deixe de compartilhar este texto nas suas redes sociais.


“Não quero ter filhos, nem agora nem nunca. Ser mãe não deveria ser uma imposição”

Artigo Anterior

Médico celebra amor-próprio e “casa” com ele mesmo, após fim de noivado

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.