“A imaginação é mais importante que o conhecimento.”



“Eu acredito na intuição e na inspiração. A imaginação é mais importante que o conhecimento. O conhecimento é limitado, enquanto a imaginação abraça o mundo inteiro, estimulando o progresso, dando luz à evolução.”

Essa frase é de Albert Einstein, famoso físico alemão, e ela nos faz refletir sobre como nós, seres humanos, nos iludimos achando que sempre sabemos de tudo e que temos o controle de tudo. Definitivamente não sabemos e não temos o controle de tudo. Aliás nem sabemos como será o dia de amanhã. Planejamos, fazemos previsões, mas saber mesmo, nos mínimos detalhes, nunca saberemos. De concreto mesmo, só temos o momento vivido hoje.

Da mesma forma é a mente humana. Temos a imaginação fértil e ninguém tem o controle do que se passa em nossa mente. Podem até tentar nos controlar no plano real com regras impostas pela sociedade, com manual da boa convivência, com GPS, enfim com tudo que dispomos para tentar controlar a vida do outro. Sinceramente, tudo em vão. De nada adianta marcação cerrada no plano real, se na nossa imaginação povoa tudo de bom que gostaríamos de viver e não vivemos. Aí vem a pergunta: – E porque não vivemos o que povoa em nossa mente?

Porque preferimos manter na nossa imaginação certos anseios e vontades? Porque na maioria das vezes não seguimos nossa intuição? Porque por diversas vezes sufocamos nossa inspiração?

Se um gênio como ele afirmou que o conhecimento é limitado e que nossa imaginação é mais importante, por que não deixamos fluir o que está em nossa mente?

Tantas coisas boas deixamos de viver ou de criar achando que não somos capazes para algo maior e grandioso. O conhecimento é importante sim, mas a nossa imaginação atravessa barreiras e nos leva além do que poderíamos prever.



Imagine quanta coisa boa você poderia viver neste exato momento tornassem reais seus sonhos e pensamentos.

O conhecimento vem da dúvida, do questionamento, da tentativa, da observação e da inspiração em se querer criar algo novo. Por isso não se limite quando o assunto é conhecimento. Dê asas a sua imaginação. Inspire-se! Confie na sua intuição! Duvide do óbvio. Questione! Tente! Você só terá certeza se deu certo ou errado se colocar em prática. Mas acredite, vale mais a pena tentar do que viver imaginando algo e não realizar.

Saia da zona de conforto, do conhecimento limitado que nada acrescenta e arrisque-se em novos horizontes, transformando sua vida e de todos ao seu redor.

_____________

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo:  Oliver Pacas on Unsplash






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.