Pessoas inspiradoras

Índia se forma em Medicina, atende em guarani e dá muito orgulho para sua aldeia!

capaindia se forma em medicina atende em Guarani e da muito orgulho para sua aldeia

A médica certificada não esconde suas raízes e está cuidando muito bem de sua comunidade. Confira!



Uma índia de Mato Grosso do Sul alcançou uma grande conquista em sua jornada pessoal e está orgulhando sua aldeia no interior do estado. Dara Ramires Lemes, de 25 anos, recentemente se formou em Medicina e tornou-se a primeira médica generalista de MS a falar guarani.

Uma matéria do Campo Grande News conta que a jovem, que é filha de um kaiowá, cresceu na aldeia Te’yikue, no município de Caarapó.

Durante a infância e adolescência, adorava jogar futebol, participava de competições e até chegou a mudar-se para Belo Horizonte (MG), onde jogou no time infantojuvenil do Atlético Mineiro.


Ela sempre contou muito com o apoio dos pais, inclusive quando decidiu parar de jogar bola e seguir um caminho completamente oposto: o da medicina.

A jovem contou que, depois de terminar o ensino médico, prestou vestibular, mas não conseguiu o resultado necessário.

2india se forma em medicina atende em Guarani e da muito orgulho para sua aldeia

Direitos autorais: arquivo pessoal.

Então, investiu em um cursinho e passou a se dedicar diariamente aos estudos até que, com muita determinação, conseguiu ser aprovada. Assim como muitos, Dara precisou enfrentar as dificuldades de ser uma jovem da aldeia em um curso superior. Ela contou que chegou a pensar que não podia “sonhar tão alto”, mas acabou descobrindo o contrário.


Após todos os anos de estudo, a jovem concluiu o curso, conseguiu o registro profissional, no fim de 2020, e retornou para sua comunidade, da qual sente orgulho.

Atualmente ela trabalha em um posto de saúde no interior e oferece tratamento exclusivo aos seus pacientes, que cria uma proximidade cultural muito interessante. A médica se comunica em guarani com eles e diz perceber que assim eles se sentem mais à vontade.

3india se forma em medicina atende em Guarani e da muito orgulho para sua aldeia

Direitos autorais: arquivo pessoal.

Sobre a realidade atual com a covid-19, Dara disse que tem acompanhado de perto a doença se espalhando pelas comunidades indígenas do país e acredita que o país precisa evoluir no quesito representatividade.


No entanto, é otimista quanto a opinar que acredita que, muito em breve, o sistema de saúde poderá contar com mais profissionais como ela. Dara explica que existem pessoas de

4india se forma em medicina atende em Guarani e da muito orgulho para sua aldeia

Direitos autorais: arquivo pessoal.

Depois de toda essa jornada de lutas e vitórias, Dara disse que se sente grata por Deus tê-la abençoado com “pais maravilhosos”, por sua profissão de médica, conquistada em uma universidade federal e por cultivar suas raízes e não se esquecer de quem é.

Uma história de muita alegria e inspiração. Que Dara tenha muito sucesso em sua profissão!


Compartilhe o texto em suas redes sociais!

“Não vá para a universidade”: mãe escreve carta para filhos e divide opiniões

Artigo Anterior

Cientista brasileira descobre proteína-chave contra covid-19

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.