publicidade

Indígenas doam alimentos a pessoas afetadas pelo coronavírus. Estão repartindo o que têm!

Essa comunidade indígena da Costa Rica está demonstrando muita solidariedade ao compartilhar alimentos produzidos por ela com vítimas da pandemia. Linda atitude!



Enquanto não encontramos uma solução definitiva para acabarmos com o coronavírus, mantemos nossa esperança em dias melhores através de muitos atos de generosidade e amor ao próximo.

Hoje trouxemos um caso especial que tem origem na Costa Rica. No país da América Central, comunidades indígenas estão ajudando as pessoas mais afetadas pela pandemia através da doação de alimentos cultivados por elas mesmas.

Os povos indígenas de Bribi, em Talamanca de Limón, pertencentes às comunidades Amubri, Suiri, Cuaska, Coroma, Sepeque, Yorkim e Bambu, doaram 970 cachos de banana, 150 quilos de mandioca e um saco de limões para a população do país, num gesto de empatia e amor ao próximo.


A responsável por coletar esses alimentos nas comunidades e distribuí-los é a organização independente de trabalho voluntário Fundação Lloverá, em parceria com a Associación Costa Rica Azul, iniciativa de cidadania para revitalizar a economia do país. Um trabalho voluntário que está se mostrando muito forte e importante no período tão crítico enfrentado pelo país.

Abaixo está um vídeo publicado por Dr. Christian Rivera, líder da Associación Costa Rica Azul, mostrando um pouco sobre a comunidade de Bribi e sua doação de alimentos.

Que iniciativa especial! Neste momento de crise, o melhor que podemos fazer é nos unir e apoiar uns aos outros, sem distinção de raça, status social e credo. Somos todos humanos e a nossa vitória nesta luta depende do quanto nos unirmos contra a covid-19.

Ambas as organizações estão fazendo um trabalho exemplar ao aproximar as comunidades indígenas do restante da população, através de uma atitude tão bonita quanto a doação.


Desejamos que essa iniciativa seja muito bem-sucedida no país e seja adotada em vários lugares do mundo, porque a nossa realidade atual requer colaboração comunitária e muita empatia.

As comunidades indígenas são um patrimônio de qualquer país e devem ser tratadas com muito respeito e consideração. Felizmente, a Costa Rica reconhece o valor dessas pessoas e agora pode contar com essa ajuda tão importante.

Compartilhe este exemplo em suas redes sociais e espalhe essa ideia!

 

Direitos autorais da imagem do texto: reprodução Associación Costa Rica Azul.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.