Bem-Estar e SaúdeColunistas

Intestino: o cérebro que comanda a saúde do corpo!

Muitas letras tenho escrito sobre a importância da nossa saúde e de como podemos fazer prevenção para preservarmos o equilíbrio da vida feita com verdadeira qualidade.



Na verdade tudo passa pelo Intestino, esse nosso segundo cérebro que é composto por uma vasta rede de mais de 100 milhões de células neurais…

Na verdade tudo passa pelo Intestino, esse nosso segundo cérebro que é composto por uma vasta rede de mais de 100 milhões de células neurais, que estão em comunicação com as cerca de 7 milhões de células do cérebro e do sistema nervoso central junto com a medula espinhal.

Quem já teve a oportunidade de conviver ou ter aulas comigo sabe que sou muito persistente numa palavra fundamental ao perfeito equilíbrio do corpo, HOMEOSTASIA.


Achei por bem trazer-vos este tema mais uma vez, pois o fundamental é preservar a saúde e, fazer nova referência a isso nunca é demais.

Numa das minhas crónicas,  com o título “ O laboratório da Felicidade” lembro de ter abordado um pouco sobre esta palavra: Homeostasia, ”ESTE CONCEITO NADA MAIS QUER DIZER DO QUE A MANUTENÇÃO DAS CONDIÇÕES ESTÁVEIS, CONSTANTES, NO MEIO INTERNO, A FIM DE QUE HAJA EQUILÍBRIO FUNCIONAL”.

E esta manutenção funcional começa precisamente no Intestino.

A flora intestinal contém um grupo de bactérias que vivem no intestino para auxiliarem os vários processos digestivos, controlando o desenvolvimento dos micro-organismos que causam as doenças.


Por exemplo ao haver uma disbiose intestinal, que é o processo de desequilíbrio da flora bacteriana, reduz-se a capacidade de absorção dos nutrientes e isso leva a carências de vitaminas de forma acentuada.

Aqui há tempos uma jovem paciente minha que tem um blog giríssimo chamado “Crônicas de um intestino Irritável”, resgatou um artigo meu escrito há muito tempo, ainda quando vivia no Brasil e, que passarei aqui a transcrever…

O Título dela era este…

”Vai dar banho…ao intestino!”


A Importância da Lavagem Intestinal Porque usar a terapia COLON-HYDRO?

‘A morte encontra-se no intestino’ – é uma antiga sabedoria?

O intestino está submetido a um estresse permanente devido à forma convencional de nos alimentarmos: uma parte excessivamente grande dos alimentos ingeridos é formada por alimentos desnaturalizados com um baixo conteúdo em fibras vegetais, um alto teor de gordura e açúcar, agentes conservadores e outros aditivos químicos. A mastigação reduzida, a rápida ingestão assim como os problemas psíquicos favorecem os transtornos intestinais e digestivos.

A manifestação mais frequente são: a prisão de ventre ou a flatulência, uma sensação de pressão e peso no corpo.


As substâncias residuais a serem eliminadas que permanecem por um tempo excessivo no sistema digestivo, apresentam uma forte tendência a fermentarem ou a se decomporem. Em ambos os casos, a consequência é uma rápida proliferação de bactérias nocivas, micoses e outros venenos. Devido à reabsorção, produz-se, inevitavelmente, uma auto-intoxicação. Numerosas doenças têm a sua origem nesta auto-intoxicação.

Campos de aplicação da terapia COLON-HYDRO – Mencionamos as principais indicações terapêuticas:

Obesidade, ventre dilatado, obstipação, flatulência, diarréias, cólon irritável , obstipação aguda, infecção parasitária, colitis ulcerativa, diverticulite, doença de Crohn, limpeza de, colostomia , hipotermia, hipertermia, dermatosis…” Paula Ilhéu by Estética in Natura”. Foi escrito em 13.08.15, na sua página,  cronicasdeumintestinoirritavel.blogs.sapo.pt

Este texto, mostra-nos que a melhor e maior prevenção, do equilíbrio do nosso intestino, se chama lavagem interna.


Outras formas também eficientes de manutenção do intestino são; beber água adequadamente, com horários determinados de acordo com o biótipo individual de cada pessoa, praticar uma alimentação rica em alimentos vivos, frescos, que contenham água.

Deve também fazer recurso, duas a três vezes por ano do consumo de probióticos, que são bactérias benéficas que melhoram a saúde do intestino e que facilitam a digestão assim como a absorção de nutrientes.

E a título de boa manutenção fazer na verdadeira acepção da palavra uma boa lavagem ao intestino. Essa é para mim a forma mais eficiente de controlar as doenças e os desequilíbrios do nosso corpo.

No entanto recomendo que antes de recorrer a este tipo de terapia, deve consultar um profissional qualificado, fazer uma avaliação epigenética que avalie o seu estado metabólico e depois de saber o seu estado, então por recomendação poderá procurar um local especializado para dar banho ao seu intestino.


O ideal, é começar o ano com esta limpeza e acredite a primeira sensação de bem-estar acontece no cérebro principal ao dar-se conta que tem mais oxigênio, a outra é que perderá peso sem sacrifício e estará a limpar a casa mais importante da sua vida, O SEU CORPO.

Lembre-se, a vida tem tudo para ser bonita, depende apenas das suas escolhas.

Um abraço e um beijo carinhoso a todos!


Eu ainda prefiro as coisas mais raras, as que não tem preço. As que cabem no bolso da alma.

Artigo Anterior

Pena de si mesmo? perdoe-se e liberte-se!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.