6min. de leitura

Isso faz parte da vida! Quem nunca passou por isso?

Sabe aquele dia que você acorda pensativo querendo entender o porquê de estar se sentido apático a tudo e a todos? Nem alegria, nem tristeza. Apenas um pensamento vago de todas as coisas que possam vir daqui por diante.


De repente, você sente a necessidade de fazer um balanço da sua vida e rever muita coisa.

Aí você se pergunta:

– Por onde andam os sonhos?

– Sentirão minha falta, se eu sumir?


– Devo apostar todas as minhas fichas em um desejo que acho louco?

Você sente que apenas passa pela vida como um simples expectador. Sem entusiasmo, sem brilho nos olhos, mas agradece a Deus por estar com saúde pois isso já é uma grande vitória.

Sente necessidade de encontrar novos sonhos, novas metas, novos motivos para ser feliz. E nessa busca incessante, acaba fazendo um monte de coisas ao mesmo tempo e, no fim, fica exausto.


Talvez tenha perdido seu propósito de vida no meio de caminho por tantas exigências e metas impostas pelos outros e, sem perceber, foi perdendo a sua identidade.

Esses momentos são chamamos de crise existencial. Você quer estar junto de alguém, mas ao mesmo tempo acha que não ama mais. Você quer sair fazendo tudo que gosta, mas não tem o menor ânimo para se levantar da cama pois está tão cansado da rotina diária, que prefere dormir para descansar.

Sem energia, sem brilho nos olhos e sem propósito de vida você se vê em um problema que parece não ter fim.

Se é assim que você se sente ultimamente e não sabe por onde começar e mudar essa situação darei seis dicas que talvez te faça reencontrar o rumo certo da sua vida. Mas a primeira coisa que deve saber, antes de tudo, é que são nos momentos de crise que nossa essência aparece.

É quando passamos pelo fogo que vêm os melhores resultados por mais assustador que isso possa parecer são nesses momentos que renascemos para a vida.

1. Não tenha medo da solidão!

Ficar bem consigo é essencial para tudo na vida. Tenha um tempo para si e observe tudo a sua volta. As pessoas, os lugares e até mesmo a rotina diária torna-se engraçada. Você perceberá quantos desconhecidos conhecidos passam pela sua vida e você nem sequer dá um bom dia.


2. Aceite suas limitações, mas não as use para desistir dos seus objetivos e sonhos!

Talvez você leve anos ou décadas para conseguir, mas ao tentar perceberá que só o fato de estar seguindo seu coração já é o suficiente para ser feliz. Às vezes, colocamos nossa felicidade apenas no momento que conseguimos atingir a nossa meta e não percebemos que o caminho percorrido é tão importante quanto o resultado dele. Aproveite o caminho!


3. Tenha amigos e amigas.

Tenha amigos e amigas, para que nos momentos de sua crise existencial, quando você achar que nada mais vale a pena, eles o acordem para vida. Eles são anjos sem asas para nos motivar quando mais precisamos. Já percebeu que eles aparecem nesses momentos, do nada?! Coisas de anjo!


4. Quer sua vida organizada? Comece pela sua casa!

Tem nada mais frustrante que querer organizar sua vida rodeada de bagunça. Se não consegue arrumar sozinho, peça ajuda mesmo. Vale a amiga tagarela, o amigo dançarino, a mãe organizada ao extremo, enfim, nesses momentos você saberá a quem recorrer. Com o ambiente mais arejado conseguirá organizar seu interior.


5. De vez em quando, fuja da rotina!

Mude o percurso: trabalho – casa, casa – trabalho. Faça algo que passa pela sua cabeça, mas que você sempre diz que não tem tempo. Vá visitar uma amiga, fazer uma caminhada ou dar um mergulho no mar, por exemplo.


6. Sua família é o seu alicerce por isso nunca se afaste dela!

São pessoas que não escolhemos, a vida nos dá. E mesmo com todos os defeitos do mundo, sua família nunca o abandonará por mais besteiras que você fizer, estarão sempre prontos para ajudá-lo e apoiá-lo.

Longe de ser um manual de como sair da crise existencial, mas apenas algumas dicas de como tornar a vida mais leve e interessante fazendo coisas simples do nosso cotidiano, que geralmente não damos o devido valor. Espero que essas dicas devolvam a você o brilho nos olhos e o sentido de vida que tanto almeja.


Direitos autorais da imagem de capa: wall.alphacoders / 459976





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.