Notícias

“Isso foi o meu ex-marido”, diz mulher espancada na Zona Norte em vídeo gravado após o ataque

Foto: Reprodução
capa Isso foi o meu ex marido

Familiares e amigos da diretora empresarial Ive Dourado, de 35 anos, acusam o ex-marido dela de tê-la espancado na madrugada desta segunda-feira (2).

Na noite de domingo, Ive saiu com uma amiga, que foi deixada em casa por volta das 2h da manhã. Ive diz que, quando chegou a sua casa, minutos após deixar a amiga, foi surpreendida pelo ex-marido, que a golpeou diversas vezes no rosto.

Ive está internada no CTI do Hospital Prontonil, em Nova Iguaçu, com fraturas no crânio e na face. Segundo a amiga, que preferiu não se identificar, essa foi a primeira vez que soube de agressões físicas por parte de Humberto, conhecido como Betinho, que, segundo ela, não aceitou o fim do relacionamento, em março deste ano.

— Só sabia de xingamentos dele por whatsapp após a separação. Ela disse que ele já tinha chamado ela de “piranha” uma vez, em um áudio. No domingo, ela me deixou aqui na minha casa e foi para a casa dela. Pedi para ela avisar quando chegasse, e recebi um vídeo dela — conta a amiga.

f1 Isso foi o meu ex marido

Ex-marido e pai da filha de Ive, Humberto é acusado de ter espancado a diretora empresarial – Direitos Autorais: Reprodução

No vídeo, Ive aparece ensanguentada e diz que o ex-marido fez aquilo com ela. A amiga conta que, em seguida, a empresária registrou a ocorrência na 31ª DP, em Ricardo de Albuquerque, e seguiu para o hospital, onde precisou ser internada.

Nesta terça-feira (3), o irmão de Ive, Allan Dourado, usou seu perfil no Instagram para dizer que ainda não tinha notícias sobre o paradeiro do agressor. Allan também pediu ajuda de amigos e seguidores para esclarecer o caso. “Vou fazer o possível e o impossível pela recuperação da minha irmã e para que a gente consiga pegar esse marginal”, disse o irmão da vítima.

f2 Isso foi o meu ex marido

Ive e o ex-marido em um dos aniversários da filha, hoje com três anos Direitos Autorais: Reprodução

Segundo o delegado da 31ª DP, Vinicius Domingos, os policiais foram ao hospital onde Ive está internada e estão em diligências em busca de informações que ajudem a localizar o suspeito. De acordo com a Polícia Civil, o caso também foi enviado à justiça nesta terça-feira, e as medidas protetivas já foram solicitadas.

Veja o vídeo (cenas fortes):


Se você presenciar um episódio de violência contra a mulher ou for vítima de um deles, denuncie o quanto antes através do número 180, que está disponível todos os dias, em qualquer horário, seja através de ligação ou dos aplicativos WhatsApp e Telegram.

0 %