Pessoas inspiradoras

Jardineiro com pernas amputadas, que sonha em ter triciclo elétrico, soma R$ 17 mil em doações

A internet tem se mobilizado para ajudar o jardineiro, que sonha em se locomover com mais facilidade. Confira!



O comportamento de algumas pessoas é capaz de nos comover profundamente. Mesmo enfrentando grandes desafios todos os dias, elas são capazes de manter-se de cabeça erguida, esforçando-se para viver bem e com dignidade.

Esse é o caso do brasiliense Antônio Manoel, que falou um pouco sobre a sua realidade de vida em um vídeo publicado na página do Instagram “Notícias do Gama”, no fim do mês passado. Nas imagens que comoveram muitas pessoas, Manoel explicou o que o levou a ter partes do corpo amputadas.

Quando completou 10 anos de idade, ele foi acometido por meningite, uma infecção das meninges (membranas que recobrem o cérebro), afetando toda a região e dificultando o transporte de oxigênio às células do corpo.


É uma doença grave, atualmente prevenida com vacinas. Aos 20 anos, Manoel ainda tinha sequelas da doença, que infelizmente o levaram a perder partes do corpo, como as pernas, o antebraço direito e alguns dedos da mão esquerda. Como consequência da meningite, Manoel tem dificuldade de mobilidade, mas isso não o impede de se esforçar e trabalhar para ter melhor qualidade de vida.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@noticiasdogama.

Manoel é bastante humilde. Ele mora com a mãe idosa e recebe apenas um pequeno benefício, o que o fez procurar outra ocupação para complementar sua renda. Atualmente, ele trabalha como jardineiro, o que, como podemos imaginar, deve ser bastante complicado.

No vídeo, o homem conta que realiza serviços de jardinagem pelo setor sul de Gama, região administrativa do Distrito Federal, e sonha em comprar um triciclo motorizado para ter mais independência. O homem usa próteses para os membros inferiores desde os 22 anos de idade, mas depois de um acidente, teve que retirar parte dos ossos das pernas, e não se adaptou a elas.


Também gostaria de comprar uma carretinha para transportar suas ferramentas de trabalho, já que não deseja parar de trabalhar. Sua situação chegou a muitas pessoas por conta do vídeo, e logo foi criada uma campanha de arrecadação on-line para ajudá-lo a comprar tanto o triciclo motorizado quanto a carretinha.

A meta inicial, que era de R$ 15 mil, já foi ultrapassada, e atualmente soma mais de R$ 17 mil, e pode aumentar. Através dessa união, Manoel poderá ter uma realidade melhor; esperamos que essa ajuda abra portas para coisas poderosas em sua vida!

Indignada, moradora diz que foi expulsa da piscina do condomínio por usar biquíni “fora do padrão”

Artigo Anterior

Com o próprio dinheiro, Guarda Municipal acolhe crianças carentes: “Transformar em adultos de bem”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.