Reflexão

Jogar lixo pela janela do carro é falta de educação e egoísmo. Tenha consciência!

Se você costuma jogar lixo na rua, existem algumas coisas que precisa entender. Faça esta leitura!



Existem algumas coisas do cotidiano com as quais nos acostumamos, mas não deveríamos. Uma delas é o hábito que muitos têm de jogar lixo nas ruas, como se fosse algo natural e certo.

Não precisamos olhar muito longe para encontrar pessoas, a pé ou conduzindo seus veículos, jogando papéis, embalagens e até mesmo itens de uso pessoal nas ruas, sem o mínimo de pudor ou respeito com o ambiente coletivo.

Ao invés de colocar o seu lixo em uma sacola até descartá-lo numa lixeira, elas preferem se livrar dos objetos que não lhes são mais úteis em um local onde circulam pessoas e veículos diariamente, sem se importar com o impacto de sua atitude.


O acúmulo de lixo nas ruas leva a muitos prejuízos que todos nós já conhecemos: bueiros entupidos, proliferação de doenças, poluição e degradação ambientais, da cidade, entre outros. No entanto, esse tipo de atitude também leva a uma consequência bastante séria, que é sempre mencionada: a propagação de um modo de agir egoísta.

Quem não se importa em descartar os itens indesejados em locais adequados não ligam para os outros. Uma das grandes desculpas que usam – e refletem a sua ignorância e falta de empatia – é “eu jogo lixo na rua para garantir o emprego dos garis, porque senão eles não têm o que limpar”.

Ainda que essas palavras sejam ditas em tom de brincadeira e ironia, são frutos de uma mentalidade que não consegue reconhecer a necessidade do senso de coletividade.

Essas pessoas são a tradução de um padrão de pensamento de alguém que não consegue enxergar além do próprio umbigo, o que infelizmente é bastante comum em nossa sociedade, e que cada vez mais é propagado, à medida que muitos pais ensinam esse tipo de egoísmo aos filhos, se não com palavras, com exemplos.


Essa realidade ajuda a formar uma sociedade cada vez mais desunida, com jovens aprendendo desde cedo a não se importar com nada e ninguém, o que, futuramente, se aplicará em outras áreas de sua vida pessoal ou coletiva.

Precisamos urgentemente reestruturar os nossos princípios e aplicar um pouco mais de respeito e empatia em nossas atitudes diárias.

Assumir as nossas responsabilidades e não atribuí-las a outras pessoas é uma forma madura de mudar a nossa geração e deixar adultos muito mais conscientes neste mundo, seja com o próprio lixo ou outras coisas.

Não seja egoísta, assuma sua função como cidadão.


Compartilhe esta reflexão com os amigos através das redes sociais!

Os 3 signos com os mais altos níveis de inteligência emocional. Eles se superam em qualquer situação!

Artigo Anterior

Proprietário expulsa dois idosos de casa durante a pandemia por não poderem pagar aluguel

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.