Comportamento

Jornalista acusada de abandonar cãozinho que havia adotado foi demitida. Não toleraram sua atitude

capajornalista acusada de abandonar caozinho que havia adotado foi demitida Nao toleraram sua atitude
Comente!

Filmada abandonando o cão que havia adotado pouco tempo antes, a mulher recebeu uma onda de críticas nas redes sociais.

Uma coisa que qualquer pessoa que já teve contato com cães pode atestar é que esses são alguns dos animais mais dóceis e amorosos que podemos encontrar.

Seja porque são nossos companheiros há muitos anos ou porque possuem uma alma muito boa, os cães simpatizam conosco de maneira muito especial, e rapidamente se tornam alguns de nossos companheiros mais fiéis, estando presente nas horas boas e ruins e nos oferecendo o carinho mais genuíno que conheceremos.

Por conta disso, é revoltante saber que eles continuam sendo vítimas de maus-tratos e abandonos justamente pelas pessoas que mais amam e que se responsabilizaram por eles nalgum momento.

Não é preciso ser fã desmedido desses animais para compreender que eles merecem uma vida digna e um lar onde possam receber amor, carinho, alimento e assistência de saúde, já que é uma escolha nossa receber um cão, e precisamos estar preparados para cumprir todas as responsabilidades com eles.

Quando algum caso de violência contra os cães é divulgado, não demora muito até que tome conta da internet e faça com que muitas pessoas se manifestem, falando sobre quão absurdo é expor um animal tão amoroso quanto esse a uma realidade de dor e sofrimento.

Recentemente, uma história do Peru tem ganhado a indignação do público nas redes sociais. Uma jornalista chamada Ângela Ccanto abandonou um cãozinho que havia adotado, deixando-o amarrado na casa de uma voluntária da fundação de onde ela o tirou.

A situação foi compartilhada primeiramente no Twitter, pelo usuário Angelo V. Ele explicou que Ângela adotou o cãozinho Rambo, que sofria de câncer, no entanto, há poucos dias, abandonou-o. Ele deixou uma imagem do momento em que a jornalista abandonou o cão.

2jornalista acusada de abandonar caozinho que havia adotado foi demitida Nao toleraram sua atitude

Direitos autorais: Reprodução Twitter / @MrAngeloVenegas.

Na continuação da publicação, o usuário disse que aquela era uma reclamação pública, para que nenhum outro animal “caísse” nas mãos da mulher. Ângela acrescentou que Rambo estava sofrendo de depressão, mas que logo encontraria uma família que o amasse verdadeiramente.

Depois de mostrar algumas fotos do animal, o jovem escreveu: “Sejamos a voz desses pobres anjinhos. Chega de tanto abuso”.

Como já era de se esperar, a publicação viralizou e despertou a ira e indignação de muita gente, que não poupou críticas à atitude da mulher. Rapidamente, o caso chegou também aos empregadores da mulher.

Um deles, Paolo Benza, também fez uma publicação na rede social dizendo que a empresa optou por cortar a jornalista da equipe, pontuando que “abandonar animais de estimação não é tolerável”.

3jornalista acusada de abandonar caozinho que havia adotado foi demitida Nao toleraram sua atitude

Direitos autorais: Reprodução Twitter / @MrAngeloVenegas.

Ângela resolveu se pronunciar sobre a situação, fazendo uma publicação em seu perfil no Facebook. A jornalista conta que sempre teve a intenção de que Rambo fosse parte de sua família, inclusive, comprou todos os itens de que ele precisava e o tratou com todo o amor e carinho, mas a natureza agressiva do animal tornou a convivência insustentável.

Segundo ela, Rambo, que posteriormente descobriu se tratar da cruza de um pit bull e alguma raça grande, justificando o instinto, atacava constantemente sua cadelinha Clementina, de mais de 9 anos, bem como animais na rua.

4jornalista acusada de abandonar caozinho que havia adotado foi demitida Nao toleraram sua atitude

Direitos autorais: Reprodução Twitter / @MrAngeloVenegas.

O cão também começou a destruir algumas coisas em casa. Embora soubesse que ele não era maldoso, a jornalista disse que os vizinhos começaram a se incomodar.

Ela ainda justificou dizendo que não era sua intenção abandonar o animal, mas falou diversas vezes com Milagres, dona da casa onde ele foi deixado, sobre o comportamento do animal e que não tinha como continuar com ele.

Ângela contou que a mulher sabia que ela deixaria o cão e que sempre a ignorou, e que agora tinha inventado a história do abandono para a prejudicar. Sua publicação rendeu bastantes comentários, mas não impediu os usuários de continuar criticando-a nas redes.

Comente!

“Você será uma mãe para sempre no minuto em que aceita o amor de uma criança”, Sandra Bullock

Artigo Anterior

Autênticas e seguras. As pessoas destes 3 signos não mudam por ninguém!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.