Notícias

Jovem adotada descobre que na verdade é uma princesa africana

princesa africana

A história de Sarah Culberson parece conto de fadas da vida real.



Ela foi adotada nos Estados Unidos e descobriu por meio de um telefonema de um tio que era herdeira do trono de um país africano.

O telefonema veio após a própria Sarah investigar sua origem.

Sarah é uma princesa de Serra Leoa. A verdadeira história dela é quase a mesma do filme “O Diário da Princesa”, com Anne Hathaway, da Disney.


Pais biológicos

Ela teve uma infância relativamente normal. Nunca falou dos pais porque tinha menos de um ano quando foi adotada. O pai biológico Joseph Konia foi estudar nos EUA e acabou se envolvendo com sua mãe, uma garçonete.

princesa1

Direitos autorais: reprodução Instagram.

Ela engravidou e os dois não puderam cuidar do bebê. Foi então que decidiram colocá-la para adoção em 1978, quando Sarah nasceu. Ela foi criada por uma família branca em West Virginia e sempre teve paixão por dança e teatro.


Investigação

Foi Sarah quem começou a investigar sua família biológica. Ela contratou detetives e a busca resultou no telefonema do tio. Ele informou que o pai de Sarah ainda está vivo e que ela é a atual herdeira do trono de Serra Leoa. Sarah também descobriu que mãe havia falecido há 17 anos e que a família do pai estava na busca da filha desde então.

Princesa do povo

princesa3

Direitos autorais: reprodução Instagram.


princesa2

Direitos autorais: reprodução Instagram.

A princesa foi para Serra Leoa em 2004 e foi conquistado o carinho da comunidade. Hoje ela é uma governante próxima de seu povo. Sarah se tornou a porta-voz dos cidadãos ao liderar discussões em todo o mundo em busca de parceiros para ajudar a situação dos habitantes. Recentemente, ela publicou um livro sobre a viagem à África e já está preparando uma série de animação sobre sua história… um filme!

4 signos que podem ter um lado sinistro, mas não demonstram

Artigo Anterior

Mãe de 1,60m chama atenção na web com vídeos de bebês “enormes”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.