Pessoas inspiradoras

Jovem compra toda a mercadoria de vovô, de 93 anos, que trabalha nas ruas. O enxergou com amor!

O jovem não conseguiu fechar os olhos à situação complicada do idoso, e tomou uma atitude muito especial, que mudou o seu dia. Confira!



A pandemia tem nos transformado de muitas maneiras. Uma delas é nos tornando mais atentos e sensíveis às pessoas ao nosso redor e às suas necessidades.

Estamos testemunhando a realidade difícil que o mundo tem vivido de forma geral, e aos problemas que muitos estão enfrentando na saúde, nas emoções, no aspecto financeiro, e isso tem despertado fortemente em nós o sentimento de empatia.

Felizmente, muitos de nós não apenas estamos aprendendo a observar as outras pessoas, mas também a encontrar uma maneira de ajudá-las. Esses anjos, que estão ganhando vida durante a pandemia, têm transformado a vida daqueles que realmente precisam e nos contagiado com o seu exemplo, mostrando que todos somos capazes de tornar o dia de alguém muito melhor.


Hoje trouxemos a história de uma dessas pessoas. Lorenzo Guerra é um jovem do Peru, que possui um canal no YouTube, onde compartilha conteúdos relacionados ao seu estilo de vida.

Assim como muitos jovens, ele gosta da possibilidade de interação e crescimento proporcionadas pelas redes sociais. No entanto, recentemente, teve uma grande atitude que prova que não liga apenas para seguidores, mas que deseja usar sua visibilidade também para fazer o bem ao próximo.

No final de dezembro de 2020, ele publicou um vídeo muito especial em seu canal, em que compra toda a mercadoria de um senhor, de 93 anos, que trabalha na rua diariamente, para ajudar na renda de casa:

Antes de começar a exibir as imagens de seu gesto, Lorenzo explica que não monetizou o vídeo em nenhuma rede social, pois sua intenção não é lucrar com a história, apenas ajudar e transmitir um bom exemplo.


Ele ficou sabendo da realidade de Luis Alberto Ríos Ortiz através da publicação de Carmen Agurto Amaya, no Facebook.

No dia 16 de dezembro, ela postou fotos de seu Luis com seus produtos, dizendo que ele trabalha todos os dias para se sustentar, e que isso é admirável, especialmente na pandemia. Ela ainda deixou o endereço onde o senhor realiza suas vendas, para aqueles que o quisessem ajudar.

Direitos autorais: reprodução Facebook/Carmen Agurto Amaya.

Lorenzo mora na mesma cidade em que seu Luis, Catacaos, por isso foi pessoalmente ao local. Ele conversou com o idoso, que é bastante simpático, apesar da luta diária e, em determinado momento, disse que tinha interesse em pagar por todos os seus produtos.


Muito simples e humilde, seu Luis demonstrou alegria e gratidão, e os dois começaram a somar juntos o valor dos produtos que incluíam espelhos, abanadores, agulhas de costura, enfeites de Natal, entre outros. Os produtos somaram aproximadamente R$ 440.

Lorenzo, no entanto, pagou pelos produtos, mas não os levou, ele falou para seu Luis mantê-los, para que possa vender posteriormente, e assim juntar ainda mais dinheiro.

Sua intenção era apenas oferecer um pouco de tranquilidade para o idoso, para que pudesse ir para a casa descansar.

Lorenzo ainda levou seu Luis para casa, um local bastante humilde, onde ele vive com um irmão, de 85 anos, e um sobrinho. O youtuber compartilhou o endereço da família para quem pudesse continuar ajudando e prometeu que o visitaria novamente.


Em quase dois meses, já são mais de 169 mil visualizações do vídeo e milhares de comentários de amor, incentivo e gratidão. A atitude de Lorenzo despertou a esperança e a alegria em muitos corações, em especial no de seu Luis, que testemunhou, por experiência própria, os grandes efeitos da bondade.

Em tempos como o que estamos vivendo agora, gestos tão especiais como esse não podem passar despercebidos. Eles nos fazem continuar acreditando na bondade e num futuro melhor.

Compartilhe esse grande gesto nas redes sociais e ajude a espalhar o bem!


Homem decide adotar apenas animais idosos e com deficiência: “Incrivelmente recompensador”

Artigo Anterior

Médico atende criança em canoa, no meio da maior enchente da história do Acre

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.