Pessoas inspiradoras

Jovem defende morador de rua de agressores e vira seu melhor amigo!

capajovem defende morador de rua de agressores e vira o seu melhor amigo

Essa amizade começou com um ato de empatia e foi crescendo com o tempo. Hoje eles são grandes amigos!



As amizades são vínculos poderosos, carregados de amor, compreensão, empatia e respeito, que podem mudar a história de nossas vidas.

Quando temos um amigo de verdade, sabemos que não estamos sozinhos. Não importam quais desafios se apresentem em nosso caminho, eles sempre estão por perto para nos proteger, cuidar ou apenas nos ouvir e ajudar a descarregar todo o peso de nosso coração.

Em alguns momentos, podemos construir amizades inusitadas, que algumas pessoas ao nosso redor julgam como estranhas ou prejudiciais, mas que nós sabemos que nos fazem um bem verdadeiro e nos ajudam a tornar pessoas melhores.


Cristhian Ramirez, um jovem colombiano, vive uma relação como essa. Há cerca de um ano, ele construiu uma amizade muito especial com um morador de rua, que está sempre perto de sua casa, e resolveu compartilhar em seu perfil, no Facebook, como tudo começou.

O seu relato é emocionante e nos faz refletir sobre como olhamos para essas pessoas, e também para como temos cultivado nossas amizades.

Na publicação, Cristhian conta que a primeira vez que teve contato com Andrés, ou Andresito, como prefere ser chamado, foi há um ano e meio, em um dia chuvoso, quando viu o homem deitado no chão molhado e coberto com alguns tecidos.

2jovem defende morador de rua de agressores e vira o seu melhor amigo

Direitos autorais: reprodução Facebook/Cristhian D Ramirez.


Ao perceber a situação em que ele se encontrava, Cristhian conversou com a noiva Maria Martinez e juntos fizeram um prato de comida e levaram ao homem, que recebeu a gentileza com muita simpatia e carinho. Os dois se despediram num cumprimento de punhos.

No dia seguinte, Cristhian foi à varanda algumas vezes para ver se encontrava Andresito, mas sem sorte. Eles ficaram sem se ver por muitos dias, até que o jovem o avistou novamente pela rua e o cumprimentou. Andresito respondeu-lhe com carinho e simpatia.

Passaram-se vários dias até que os dois se vissem novamente e, desta vez, o encontro aconteceu num contexto mais sério.

Andresito estava deitado, descansando, em frente à casa de Cristhian, onde chegaram dois policiais tentando tirá-lo do local, com xingamentos e outras agressões.


O jovem foi à varanda e começou a questionar os policiais por que tratavam Andresito daquela forma, se ele não os estava atacando. Os homens foram rudes com Christian e tentaram amedrontá-lo. Em determinado momento, falaram que, se estava incomodado, que levasse Andresito para dormir dentro de sua casa.

O jovem disse que o faria, e então a briga acabou e o morador de rua ficou em paz. Mais uma vez, vários dias se passaram até que se vissem novamente e, nessa oportunidade, Cristhian pôde realmente conhecer o homem a quem tinha ajudado duas vezes. Eles se sentaram numa calçada e passaram horas falando sobre a vida. A cena foi fotografada por alguém e enviada a Cristhian.

Ele descobriu que Andresito vive na rua há dez anos, mas que já teve uma vida muito diferente, e concluiu a faculdade, mas a pobreza chegou à sua casa, dividiu a família e ele não teve escolha a não ser morar na rua.

3jovem defende morador de rua de agressores e vira o seu melhor amigo

Direitos autorais: reprodução Facebook/Cristhian D Ramirez.


O jovem publicitário acrescenta que não perguntou se o homem quer sair da rua ou não, se ele se sente confortável em sua realidade, se usa drogas etc. Ele diz que apenas quer ser amigo de Andresito e estar presente para ele, quando precisar.

Nesse dia, eles se despediram com um abraço, e é assim que se cumprimentam todas as vezes em que se encontram pelas ruas.

Cristhian disse que os dois são melhores amigos e que o fato de terem essa convivência tão harmoniosa e cheia de respeito e carinho fez com que muitos vizinhos também sentissem apreço por Andresito e deixassem de se sentir ameaçados com sua presença.

Cristhian e sua noiva compraram novas roupas e cobertores para o amigo, e Andresito sempre os presenteia com coisas que encontra na rua. Apesar de ter pouco, ele faz tudo com o coração, e o seu jeito de ser o torna muito especial e querido.


O jovem finaliza a publicação desejando que sua história sirva de exemplo para que não esperemos um grande evento para ajudar quem precisa. Ele diz que a mudança começa onde estamos, onde não há câmeras e likes, e onde os únicos olhos que nos veem são os daqueles que ajudamos.

Que grande exemplo Cristhian deixa para todos nós. Que possamos absorver toda a sabedoria contida em seu relato e usá-la para nos tornar pessoas melhores!

Compartilhe o texto em suas redes sociais!


“Onde Deus coloca a mão, nenhuma maldade coloca o pé!” (padre Marcelo Rossi)

Artigo Anterior

Aos 87 anos, idoso que sonha em ser médico conclui metade do curso: “Corri atrás!”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.