Notícias

Jovem pede ajuda à prefeitura para achar “ficante”, e encontro acontece após mensagem viralizar

ficante

Um pedido de ajuda a uma prefeitura acabou virando uma busca incansável que mobilizou as redes sociais por um “ficante” desconhecido.



E depois da história viralizar, a paulista Amanda Iohn, de 28 anos, conseguiu localizar o “Bigodinho” e o “date” aconteceu.

A história aconteceu em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná.

Amanda estava na cidade para o fim de semana e trocou um beijo com o jovem em um bar da cidade. O detalhe é que os dois não trocaram nomes nem contatos, o único detalhe guardado era a característica do bigode.


“Eu estava no bar ainda, procurando por ele. Como não encontrei em lugar nenhum e simplesmente ninguém tinha visto, falei para minha amiga que ia mandar mensagem para a prefeitura”, relembrou.

A Prefeitura de Ponta Grossa interagiu com a jovem e ainda demonstrou preocupação. Em uma rede social, o perfil oficial chegou a responder a tentativa da paulista de pedir informações sobre o paranaense misterioso.

“Oi, Amanda! Voltou para São Paulo sem o bigodinho?”, respondeu o perfil. A história ganhou tamanha repercussão e o “Bigodinho” virou realidade: ele é, na verdade, Luiz Guilherme. Os dois se reencontraram e ainda saíram juntos para jantar em uma restaurante italiano.

Segundo a jovem, o primeiro encontro mostrou que a busca valeu a pena. “O date foi incrível, o Luiz é incrível”, frisou. Amanda ainda contou que, mesmo a distância, os dois permanecem conversando “o tempo todo”.


whatsapp image 2021 10 29 at 13.31.52

Direitos autorais: reprodução Instagram.

Procurada, a Prefeitura de Ponta Grossa afirmou que não ajudou na busca pelo jovem porque não pode fazer buscas nos registros e não seria possível com as informações passadas por Amanda, mas frisou que a página interage com todas as mensagens que chegam, inclusive “as mais inusitadas”. A administração municipal também contou que ficou feliz e comemorou o encontro. Inclusive, com uma mensagem para a paulista.

Homem mata vizinho após reclamação de galo que aprendeu a cantar “Bolsonaro”

Artigo Anterior

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.