Jovem que salvou criança de ataque de cachorro ganha curso de segurança, no rio de janeiro

O altruísmo de um jovem do Rio de Janeiro tem chamado a atenção de muitos brasileiros há alguns dias.



Patrick do Céu, de 20 anos, protagonizou uma das cenas mais emocionantes e carregadas de bondade e empatia neste ano.

O jovem salvou a vida de uma criança da Zona Norte do Rio ao defendê-la do ataque de um cão da raça pitbull que estava solto na rua. João Paulo, de 4 anos, andava de patinete, na companhia de sua babá, quando foi atacado pelo cão, cujos donos não foram identificados.

Assim que percebeu o ataque, Patrick não pensou duas vezes em se colocar entre o cão e a criança, lutar com o pitbull e salvar a vida do menino, e ao colocá-lo em cima do capô de um carro estacionado na rua.


Confira o vídeo abaixo.

A notícia foi divulgada em diversos canais de comunicação e rapidamente viralizou nas redes sociais, e Patrick considerado um herói por quem acompanhou o caso, cuja atitude foi fundamental para que João Paulo continuasse vivo.

O jovem participou, no último dia 24, do telejornal Bom Dia Rio, ao lado do pequeno João Paulo, de 4 anos, e de sua mãe, Elisabete, e recebeu muitos elogios de telespectadores e novamente foi chamado de herói, mas ele não se considera um.


O rapaz, que tem uma filha, automaticamente se colocou no lugar da mãe do menino e ajudou a salvá-lo. “Não sou herói, longe disso; quando vi o que estava acontecendo, só consegui pensar na Lara. Fiz por aquele menino o que eu faria por ela. Não pensei em mim, em nenhum momento, só queria fazer com que ele ficasse seguro. Agi por instinto”, disse em entrevista ao Extra.

A babá de João Paulo quebrou o braço na tentativa de defender o menino, e quando percebeu que ele estava seguro, saiu de perto para se proteger.

O ato de Patrick conquistou respeito e admiração, e algumas pessoas decidiram ajudá-lo como forma de agradecimento. Durante o programa Bom Dia Rio, alguns se mostraram interessados em fazer algo pelo jovem, entre eles, Marcos Paulo Santos de Azevedo, que se comprometeu a consertar gratuitamente o celular do jovem, danificado durante o ataque, e Wanderson Abreu, que ofereceu um curso de segurança a Patrick:

“Foi um ato heroico, ele agiu com muita inteligência e agilidade. Vimos que ele está precisando de um emprego. Sendo assim, estamos oferecendo a oportunidade para que você faça um curso de segurança, caso essa seja a sua vontade”, disse.

Patrick, que agora está recebendo muito carinho e gratidão das pessoas, disse que já havia visto o pitbull no dia, e que pensou em adotá-lo, mas não podia porque a avó já tem outro cão. “Fiquei monitorando o cachorro, foi quando o João Paulo e a babá apareceram e o cão avançou. Vi o menino no chão com o cachorro em cima, pensei na minha filha, e graças a Deus consegui separá-los.”

O pitbull está sendo mantido em observação, no Instituto de Medicina Veterinária Jorge Vaitsman, e deverá ficar lá por dez dias, até que o dono apareça ou seja encontrado.

Patrick foi um anjo na vida de João Paulo e, ainda que não se considere um herói, foi responsável pelo final feliz dessa história. É mais que justo que receba agradecimentos e oportunidades.

Esse caso é um exemplo de que sempre somos recompensados pela nossa bondade e amor ao próximo.

A bondade cria uma corrente do bem, na qual todos nós somos beneficiados. Que essa história inspire você a ser uma pessoa cada dia melhor.

Desejamos muito sucesso com a nova profissão a Patrick e que ele nunca perca sua verdadeira essência.

 

 Direitos autorais das imagens utilizadas no texto: reprodução/TV Globo.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.