Família

Jovem que viveu a infância em lares adotivos adota o próprio sobrinho: “Quero dar a ele uma vida melhor”

Marcio precisou de muita força para realizar seus sonhos, pois teve uma infância muito difícil, e deseja que seu sobrinho nunca tenha de passar por nada disso.



Todos temos lembranças da própria infância, guardando nostalgia ou raiva pelo que passamos. Nem sempre as memórias que carregamos são boas, e algumas vezes são tão dolorosas que acabam mudando completamente a forma como enxergamos o mundo, delineando nosso comportamento e até nossos pensamentos.

O sonho da maioria dos pais ou responsáveis é que as crianças tenham seus primeiros anos repletos de brincadeiras, diversões e amor.

Ninguém quer que um filho carregue lembranças amargas de um período em que deveria apenas ter sido feliz, desfrutando da imaginação e do passar vagaroso das horas. Mas algumas crianças perdem a infância, pois são forçadas a pensar e agir como adultos, sem nenhuma proteção ou empatia.


O artista Marcio Donaldson, que participou do programa “American Idol”, de 2018, teve uma infância complicada. Sem os pais ou qualquer outro familiar por perto, ele e a irmã precisaram morar num orfanato, e acabou encontrando na música e no canto o seu refúgio, sonhando em um dia se tornar famoso.

A vida em lares de adoção nem sempre é tranquila, mas a forma como viviam antes, segundo Marcio, em um bairro conhecido pela alta taxa de criminalidade, era ainda pior. Os anos se passaram e, enquanto ele trilhava seu caminho profissional na música, sua irmã se tornou usuária de drogas e engravidou.

Direitos autorais: reprodução YouTube/Idols Global.

Assim que o bebê nasceu, ficou claro para todos que sua irmã não tinha condições, naquele momento, de cuidar do filho. Ela precisava de acompanhamento médico e psicológico para sair daquela situação complicada, sem enxergar nas drogas a solução imediata para os seus problemas.


Como não é seguro para um bebê viver nessas condições, o pequeno Rashad foi levado para um lar provisório, até que a situação se resolvesse. Marcio imediatamente lembrou-se da própria infância em lares adotivos e sentiu que não era ali que ele deveria crescer, não era justo para uma criança crescer naquelas condições.

Mesmo sem saber ao certo o que estava fazendo, o artista entrou com pedido de guarda do sobrinho, e sentiu, já no primeiro momento em que o pegou, que aquilo era o certo a fazer. Sempre que uma criança é afastada dos seus genitores, é preferível que ela seja encaminhada para morar com algum parente com condições financeiras para tal, assim ela não precisa ser retirada do convívio familiar.

Direitos autorais: reprodução YouTube/Idols Global.

Direitos autorais: reprodução YouTube/Idols Global.


Marcio sentiu que adotar o sobrinho mudou sua vida completamente, e agora eles se sentem como pai e filho. O homem pretende mostrar até onde uma pessoa consegue chegar quando anda na linha, fazendo tudo certo. A maior expectativa é que Rashad tenha uma vida melhor, fazendo parte de uma rotina saudável e tranquila.

Um ano depois de adotar o pequeno, muitas pessoas o conheceram no “American Idol”, já que ele levou Rashad junto. Muitos telespectadores se sensibilizaram com sua história e arrecadaram cerca de R$ 50 mil para ajudar com suas despesas, deixando claro que aprovavam aquele amor e vontade de melhorar a vida do pequeno sobrinho.

Mulher que já viveu nas ruas tira foto de sem-teto, pede ajuda e família o reencontra após 3 anos

Artigo Anterior

Para ajudar mãe desempregada, jovem, que quase desistiu da faculdade, pede ajuda e ela ganha emprego

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.