Pessoas inspiradoras

Jovem recebe morador de rua em sua casa e o ajuda a reencontrar a família!

Depois de muitos anos perdido pelas ruas, o homem pôde reencontrar a família!



Uma das grandes dificuldades das pessoas que vivem em situação de rua enfrentam é a falta da família. Elas vivem sozinhas, sem nenhum tipo de apoio, e precisam se virar sozinhas para sobreviver a cada dia.

Em muitos casos, elas são procuradas pelos familiares ao mesmo tempo em que os procuram, mas pela falta de informações, continuam perdidas por muito tempo. Felizmente, em alguns casos, essas pessoas podem contar com o apoio e a gentileza de desconhecidos, que compreendem a dificuldade de sua realidade e são protagonistas de grandes ações de empatia e generosidade.

Esse é o caso de “seu” Cícero da Silva, de 53 anos. Segundo contado pelo G1, o homem vivia nas ruas de São Vicente, no litoral paulista, e não via a família havia dez anos. Sua vida foi transformada quando ele cruzou o caminho de Jaíne Kaith de Oliveira dos Santos, uma jovem de 25 anos e com o coração gigante.


Jaíne encontrou Cícero pela primeira vez em 14 de maio, quando ele estava deitado no chão, perto de sua casa. Ela levou-lhe um cobertor e janta, e conversou um pouco com ele, sobre sua vida.

Ele lhe contou que tinha parentes em Mongaguá, também no litoral paulista. No dia seguinte, Cícero passou na frente da casa de Jaíne de novo e ela voltou a lhe dar comida e procurou saber mais sobre sua história.

A jovem pediu autorização do homem para fazer uma publicação em grupos de redes sociais da cidade de Mongaguá, para tentar reencontrar sua família.

Na postagem, ela pediu para as pessoas ajudarem a levar Cícero para casa. Felizmente, a postagem funcionou e as irmãs de idoso, que vivem na cidade de São Paulo, entraram em contato com Jaíne, dizendo que ele vive dessa maneira há 25 anos, mas que não o viam havia uma década.


Direitos autorais: reprodução Facebook/Jaíne Kaith Oliveira.

Determinada a ajudar Cícero a se reencontrar com a família, ela o encontrou novamente e o abrigou em sua casa, até que as irmãs fossem buscá-lo. Em uma chamada de vídeo, ele reviu a família e ficou com a jovem até o reencontro acontecer.

As irmãs foram à casa de Jaíne na última semana para buscar “seu” Cícero. O reencontro foi emocionante.

Direitos autorais: reprodução Facebook/Jaíne Kaith Oliveira.


A jovem disse que desenvolveu muito afeto pelo homem e sua família. Também afirmou nunca sentir medo de Cícero, que ficou aliviada ao saber que havia pessoas procurando-o e que ele é muito amado.

Agora ela espera que sua experiência incentive outras pessoas a fazerem o bem a quem precisa.

A jovem disse que ninguém sabe o que leva as pessoas a morar nas ruas nem os seus traumas, e que sua história com Cícero lhe ensinou muito.

Sua atitude de amor e empatia mudou a vida do homem, que nunca se esquecerá dela. Que mais pessoas possam seguir esse grande exemplo!


Compartilhe o texto em suas redes sociais!

Cansada da bagunça das filhas, mãe coloca suas coisas em sacos de lixo e só as devolve se ajudarem em casa!

Artigo Anterior

Mãe afirma que restaurante chamou a polícia para retirar sua filha por usar roupa “imprópria”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.