publicidade

Julgue menos, olhe-se mais no espelho e ame! as pessoas boas merecem nosso amor e as ruins precisam dele!

Vaidade, banalidade, sinto que muitas coisas perderam o sentido. Os valores foram e continuam sendo invertidos.



As conversas estão vazias, o mundo está confuso, e o que mais vejo são marionetes sob o comando de um ego inflado, andando de um lado para o outro, sem saber ao certo onde querem chegar.

Mentes ocas que se preocupam tanto em provar que são, e acabam se esquecendo de, de fato, ser.

Eu quero acreditar que ainda exista uma chance de reverter o caos pelo qual o mundo foi tomado, eu ainda acredito no amor e em seu poder de cura. 

Mas para o amor agir, a gente precisa abrir o coração e deixá-lo entrar.


Será que conseguimos ser mais tolerantes? Será que é pedir demais, termos mais compaixão com as pessoas? Estamos todos, individualmente, em uma jornada, enfrentando  batalhas silenciosas e solitárias. Lutamos, na maioria das vezes, contra nós mesmos. E, às vezes o barulho da nossa mente é ensurdecedor, e acabamos não ouvindo nossa própria voz.

É tempo de baixar a guarda, de conter a superficialidade, de se libertar do ego e das amarras impostas por crenças limitantes, padrões inatingíveis e uma sociedade hipócrita.

Mas, como? Como a gente vira essa página triste?


Quando admitimos nossa vulnerabilidade, nossas fraquezas e imperfeições, e decidimos trabalhar nelas.

Se nos esforçarmos para ser pessoas  melhores e evoluídas, podemos fazer a diferença, ser a diferença, podemos inspirar, podemos influenciar uma vida ou muitas, quem sabe?

Antes de falar, pense; antes de brigar e se ofender, coloque-se no lugar das outras pessoas. Precisamos entender que agimos da maneira que agimos, por algum motivo.

Por isso é tão importante olharmos a vida, as pessoas, o mundo, com olhos de compaixão, pois se as feridas do seu irmão não lhe causam dor, a sua doença é mais grave do que a dele.

A solução está em nós, e se você acha que sozinho não pode fazer nada, experimente ser a mudança que você tanto espera, experimente tratar as pessoas como quer ser tratado.

Experimente perdoar, cuidar do seu corpo, do seu espírito, experimente sentir mais com a alma.

Julgue menos, olhe-se  mais no espelho e ame, simplesmente ame… porque as pessoas boas merecem nosso amor e as ruins precisam dele.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.