Notícias

“Um esforço enorme para sentir graça de viver”, desabafa Karol Conká após polêmicas no BBB21

Ouvida em programa, a rapper se abriu sobre como está lidando com a sua vida 2 meses após ser eliminada do reality.



Karol Conká foi uma das participantes menos querida pelo público da 21ª edição do reality “Big Brother Brasil”. A rapper, que foi eliminada com o maior índice de rejeição do programa até então (99,17% dos votos) criou desavenças com muitos participantes dentro da casa, e também acumulou muitas críticas aqui do lado de fora.

A cantora participou do programa Saia Justa, do GNT, e apresentado por Astrid Fontenelle, Pitty, Mônica Martelli e Gaby Amarantos e falou um pouco sobre a sua realidade depois da eliminação. Na roda de conversa, com o tema rejeição, ainda estava a filósofa Djamila Ribeiro.

Conká fez uma autoanálise, após relembrar de episódios de sua infância. A rapper disse que não é fácil lidar com o sentimento de rejeição, e que, por tê-lo experimentado durante a infância, acabou criando uma armadura para se proteger quando se sentia vulnerável.


Ela explicou que levou alguns dias para compreender sobre a seriedade de suas atitudes dentro da casa e o quanto elas influenciaram em sua imagem e relação com as pessoas à sua volta. A artista também confessou que sentiu-se envergonhada, e que a sensação de decepcionar a muitas pessoas é bastante ruim.

Para Conká, a experiência mais complicada depois de voltar para ‘a vida real’, não foi o cancelamento, realmente bastante impactante, mas a ter que encarar a si mesma. A cantora explicou que está vivendo um momento de compreensão e autoperdão, e de também entender que o que passou, passou. Sobre o cancelamento, percebeu que também estava punindo a si mesma, e que não pode contribuir com uma cultura com a qual não concorda.

Quando questionada sobre a maneira como está encarando a rejeição por parte do público e o que tem feito para manter-se sã durante esse momento, Conká revelou: “Tenho que fazer um esforço enorme para sentir graça de viver.” Apesar disso, disse que reconhece que precisa aproveitar a situação para tornar-se uma pessoa melhor.

Sobre a redenção, a rapper disse que não pode se permitir virar apenas “um combo de desculpas”, porque já se desculpou e foi sincera, e que precisa seguir a sua vida após isso. Ela ainda acrescentou que isso se trata de um assunto mais sério do que o meu distúrbio, minha falta de controle dentro da casa.


Em depoimento, filhos de ex-namoradas de Jairinho relatam “sessões de tortura” de vereador

Artigo Anterior

‘Queria entrar no caixão quando estávamos colocando o corpo dela’

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.